20 de mai de 2010

Tempo verbal salva Fichas Sujas.

FICHA LIMPA APROVADO NO SENADO


Há quem tenha achado extranha a mudança significante no comportamento dos Senadores em relação à aprovação da Ficha Limpa. O Projeto que chegou ao Senado causando

antipatias, descaso e comentários como o do senador Romero Jucá (PMDB/RR) afirmando que o projeto não ia ser votado a toque de caixa e que a proposta não era prioridade do governo acabou sendo votada favoravelmente num piscar de olhos, com unanimidade de votos.

O que teria causado este milagre tão repentino? Será que todos os Senadores foram tocados pela varinha mágica do bom anjinho? ou será que ficaram com medo da opinião pública? Não! Não foi nenhum milagre, usaram apenas da malícia que mentes acostumadas a corromper e manipular estão habituadas. A fórmula mágica encontrada para 'salvar' os fichas sujas nesta eleição foi muito simples; trocando apenas o tempo verbal dos termos 'TENHAM SIDO" (original) para "OS QUE FOREM", eles conseguiram impedir que políticos que já foram condenadas não sejam atingidas pela lei. Segundo Demóstenes nunhum processo julgado pode ser revisto e a lei não pode ser usada de forma retroativa.

Felizes com a própria esperteza os FICHAS SUJAS comemoram sua vitória 'momentânea' acreditando que terão mais um mandato para roubarem do povo sem memória que acredita em tudo que candidato fala. Pois bem, há de se lembrar que o "povo da merda", termo usado pelo nosso excelentíssimo Presidente, está cada dia mais injuriado com tantos escândalos de corrupção e se movimenta através de comunidades das redes sociais, blogs e twitters, de forma a mudar completamente este cenário asqueroso que se têm vivido.

De acordo com o movimento, a lista dos Fichas Sujas, candidatos que de alguma forma já cometeram delitos contra o povo e o país, terão seus nomes amplamente divulgados pela internet e impressos em panfletos que serão distribuidos para a população em geral. Se os sujos usaram de um termo  verbal para tentarem escapar de uma punição  justa e moral , serão então condenados pela palavra do povo com um sonoro NÃO!

O povo conta com o apoio de empresários, artistas, organizações, etc, e de um grande número de parlamentares idôneos que serão beneficiados com a eliminação das ervas daninhas, e juntos abrirão novos caminhos para novas cabeças e um novo ideal.

Nenhum comentário: