27 de jun de 2010

AJUDE A PROCURAR ANDRESSA

Mais uma vez uma criança desaparece sem deixar o menor vestígio.  Desta vez aconteceu numa pacata cidade do interior. A polícia militar e os bombeiros fizeram uma busca minuciosa no local mas é sabido que para estes casos é preciso muito mais. A agilidade, a rapidez e um sistema de buscas especial com uma equipe preparada em casos de crianças desaparecidas a exemplo da SICRIDE no Paraná, podem evitar todo este sofrimento.

Lei  não é cumprida.
Em Santa Catarina, a Lei 14371, promulgada pelo então presidente da Alesc, deputado Júlio Garcia, determina a criação do SECRIADE, delegacia especializada na procura por crianças desaparecidas. A publicação no diário oficial ocorreu em 11 de fevereiro de 2008, a mais de 2 anos e a sociedade quer saber: Quando a lei será cumprida?

O caso Andressa:
Já se passaram 10 dias e continua desaparecida a menina Andressa Tais Holz, 12 anos, moradora em Luzerna, no MeioOeste de Santa Catarina.

A família está desesperada em busca de notícias da filha que desapareceu no dia 17 de junho, perto das 14h, quando seguia de bicicleta rumo a Igreja matriz onde fazia catequese. Na ocasição estava com uma camiseta de um time de futebol.

 Foram realizadas buscas por toda a cidade e noticiado em rádios e  vários jornais. A divulgação se estende pelas comunidades do orkut e através do twitter, mas ainda não houve nenhum indício sobre o paradeiro da pequena jovem.

Se você a viu ou sabe de alguma coisa ligue 181 e 190. Outros telefones: Escola (49) 3523-1882 // Polícia civil: (49) 3523-1414, ou através do e-mail: educacao@luzerna.sc.gov.br

Dramas semelhantes se espalham pelo Brasil. Veja outras crianças que estão desaparecidas: Clique aqui

Ajude a espalhar pelo twitter. Utilize o botão abaixo. T

Nenhum comentário: