13 de set de 2010

EUTANÁSIA PARA A BALEIA ENCALHADA.

BALEIA FRANCA ENCALHA NA PRAIA

Desde a semana passada, biólogos e pesquisadores têm tentado em vão rebocar o gigantesco animal de volta ao mar.

A baleia franca encalhou na Praia de Itapirubá,em Laguna, Santa Catarina e após várias tentativas frustradas para salvá-la, ela terá que ser sacrificada.


Um laudo da Marinha, considerou na quinta-feira que a operação resgate, era extremamente arriscada para a baleia. O encalhe, conforme o PBF, ocorreu em um período de ondulações grandes nas praias catarinenses, fator comum no inverno, o que fez com que o corpo do mamífero fosse cada vez mais empurrado em direção à praia.

"Precisamos aceitar o ciclo de vida dos animais. Infelizmente, neste caso, a situação se agravou em virtude da dificuldade operacional para o resgate", comentou a bióloga Karina Groch, diretora de pesquisa do Projeto Baleia Franca.

Segundo veterinários, as condições de saúde da baleia pioraram, diminuindo suas chances de sobrevida. Um corpo de biólogos que acompanham o caso, decidiram pela eutanásia para abreviar o sofrimento do animal de 15,80m, aplicando-lhe uma medicação específica na última sexta-feira. No sábado, de acordo com os biólogos, o mamífero apresentou uma baixa na frequência respiratória, que desde então se manteve estável. A coordenação afirmou que está consultando especialistas de outros países para decidir pela nova intervenção ou se esperam pela morte natural da baleia.

"Estamos avaliando a possibilidade de um novo procedimento de eutanásia, desta vez com outros medicamentos e formas de aplicação. Entretanto, além da burocracia, esta situação envolve ferramentas especiais e um alto custo. Desde que tenhamos a certeza de que esta é a melhor decisão a ser tomada, nosso empenho de tempo e conhecimento será integral e estamos comprometidos a ir em busca de recursos que possibilitem abreviar esta situação", afirmou, em nota, a bióloga Karina Groch, diretora de Pesquisa do PBF.

Nenhum comentário: