13 de dez de 2011

Fazendeiro condenado a sete anos por trabalho escravo

Cinquenta e nove trabalhadores eram submetidos a regime degradante de trabalho, no interior do Pará.

Veja também: Trabalho Escravo - Uma vergonha para o Brasil

A Justiça Federal condenou a sete anos e dez meses de prisão o fazendeiro Avelino de Déa, dono da fazenda São Sebastião, em Itupiranga (PA), por submeter 59 trabalhadores a regime degradante de trabalho. O capataz do local, José Henrique Vanzetto, também foi condenado a cinco anos e sete meses de prisão, ambos em regime semiaberto. Ainda cabe recurso da sentença.

Os 59 trabalhadores foram libertados em operação do Grupo Móvel do Ministério do Trabalho em setembro de 2007. Na fazenda, que tinha 3 mil cabeças de gado, os trabalhadores foram encontrados limpando terreno para o pasto e construindo cercas. A maioria das pessoas não possuía carteira de trabalho e os pagamentos eram feitos de forma irregular.

Na decisão, o juiz Cesar Otoni de Matos disse que "os trabalhadores eram submetidos a condições indignas de trabalho: não havia banheiro no local onde trabalhavam e pernoitavam (as necessidades fisiológicas deveriam ser feitas no mato e o banho, tomado no córrego); não havia depósito de lixo; a água para beber era retirada do córrego, barrenta e com gosto de ferrugem e também utilizada pelo gado, que nela defecava".

Ainda faltavam equipamentos de proteção individual, mesmo para quem trabalhava aplicando venenos, e havia exploração da mão de obra infantil.

Fonte: JusBrasil

9 de dez de 2011

Josiane, 9 anos encontrada sem vida

Atualização



NOTA- Encontrada sem vida. Assassino confessa crime.
12/01/2012

É com profundo pesar que comunicamos o triste desfecho no caso da menina Joseane, desaparecida em Novembro último em Cambé, PR, cujo corpo encontrado ainda depende  do laudo do DNA, porém o assassino, já preso, confessou o crime.  


----------------------------------------------------------------------------

No dia 5 de janeiro deste ano, o corpo de uma criança foi encontrado, com a cabeça decepada e em avançado estágio de decomposição a poucos metros da casa de Joseane. O cadáver foi enviado para testes de laboratório para comprovar se seria realmente da menina. A polícia aguarda resultados para anunciar o laudo do IML, em seguida serão feitos exames de DNA. ( G1)



Josiane Pereirade Moraes

ALERTA - suspeita de rapto

No último sábado 2/Nov, Josiane Pereira de Moraes, nove anos, desapareceu durante uma festa religiosa no Jardim Ana Eliza 3, Cambé, região metropolitana do Paraná.

 Segundo informações da avó da criança, Josiane teria ido a uma festa religiosa,  realizada em uma pracinha próximo a residência. Ao cair da noite,  ela não voltou para casa e a família saiu em sua busca.  Amiguinhos de Josiane disseram que ela não esteve na festa mas que foi vista em companhia de duas mulheres.


 
“Até agora não surgiu nenhuma informação que nos levasse a ela. A Josiane é uma menina que costumava sempre ir brincar e voltava para casa.” disse sua avó Maria da Pereira Soares.

Investigação:
O delegado de Cambé, Jorge Barbosa, disse que já solicitou auxílio para o Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride). “Estamos empenhados e qualquer informação é importante para encontrarmos a menina”, disse.

A avó da menina descreveu Josiane como sendo uma menina de baixa estatura, pele morena, cabelos lisos cortados na altura dos ombros. Qualquer informação pode ser repassada para a polícia de Cambé ou para a família nos telefones: 8493-4199 e 3343-4240.



17 de nov de 2011

Quem é esse anjo chamado Juliana que acolheu Sabrina Fontão?.

Uma linda história sendo escrita por Deus!

De uma quase tragédia, a história dá uma guinada e poderá ter um final surpreendente. Talvez, daqui a alguns dias,  Luciano Huck da Globo, acate o pedido  que tomou conta da net e dê um final feliz também para esta família maravilhosa da Juliana, que acolheu uma menina assustada das ruas escuras e violentas de S.Paulo.


Felizmente desta vez tivemos um final feliz.  Nem sempre é assim, na maioria das vezes não é! Muitas crianças e adolescentes ao fugirem de suas casas  devido a maus tratos ou desavenças familiares, acabam nas ruas se tornando vítimas de  traficantes, drogados ou abusadores sexuais, mas  Sabrina ao invés de um monstro, encontrou um anjo de Deus que a protegeu. Este anjo tem um nome: Chama-se Juliana ( a moça de azul na foto).



Caldeirão do Huck

Toda esta história que pode ser acompanhada abaixo,  deu início a uma nova campanha.  Alguém disse:

"Nós conseguimos trazer a Sabrina Fontão de volta graças a ajuda de cada um de vcs e deste anjo, chamado Juliana, que cuidou da Sabina para nós!
Agora chegou a hora de tentar retribuir! E se nós fizéssemos o mesmo movimento que fizemos antes, para conseguir para a Juliana uma casa nova no "Lar doce Lar"? "


E a idéia tomou corpo e voz e Luciano Huck com certeza também ouvirá e atenderá ao clamor.

Se você também quiser ajudar na campanha, dispare no Twitter  #JulianaNoCaldeirão  e # Lar Doce LarPara Juliana.

Um anjo chamado Juliana


A mãe de Sabrina emocionada e feliz com a volta da filha abraça  Juliana, o anjo que a acolheu.





 Relato de Sabrina:

Fiquei com medo que meus pais brigassem comigo, por isso resolvi sair de casa, pensando que seria um "peso a menos".
Família que acolheu Sabrina. A de azul é Juliana.

Então saí andando por aí, sem saber direito onde estava depois de um tempo.

Então achei um lugar pra sentar, debaixo de uma ponte, não sei direito e lá descansei um pouco e depois voltei a andar, encontrei uma menina no caminho chamada Juliana, que ficou conversando comigo, perguntou o que eu estava fazendo sozinha e me levou pra casa dela, me acolheu junto a família dela.

Eles insistiram muito para eu ligar, mas eu não tinha coragem. A mãe da Juliana lavou a roupa que eu estava no corpo e me emprestou uma outra pra eu usar enquanto isso. Tentei acessar a internet, mas na casa deles não tinha. Hoje (13/11/11) Fui na casa de um amigo deles e pedi para usar a internet. Ai fiquei surpresa com milhares de pessoas me procurando... Também fiquei com mais medo de meus pais brigarem comigo, mas estava preocupada com todo este movimento e noticias falsas... Resolvi entrar em contato com um amigo da família, o Gustavo Curi, e pedi a ele que em ajudasse a voltar pra casa, então ele foi me buscar no Terminal João Dias e me trouxe pra casa, onde fui recebida com muito carinho.

Gostaria de pedir desculpas por tudo isso, deixei todos muito preocupados e não era minha intenção.
Muito obrigada por tanto carinho, atenção e força que vocês deram pra minha família!!

Beijos,
Sabrina Fontão.





Relato de Gustavo

Eu estava cantando em um bar que canto aos domingos. Tinha voltado do intervalo. Quando estava no meio de uma música passei o olho no celular e vi 4 chamadas não atendidas.

Aí olhei rapidamente e vi que não era número conhecido e pensei: vou ligar hora que eu acabar, umas 22h30 isso era mais ou menos umas 21h30.

Gustavo
No momento que pensei isso um rapaz veio até o palco e pediu pra cantar uma música pra ele mostrar seu trabalho... eu disse que sim e ele subiu. Nesse momento lembrei das chamadas e resolvi ligar pra saber quem era e era a Sassá...

“Fiquei desesperado e meu início de conversa com ela é o q eu postei no mural dela: Sabrina, Sabrina é você?? Onde você tá? Você tá bem? Tá machucada? Onde você tá?" E não deixava você falar direito... rsrsrs... falei, falei, falei até que você, com toda a doçura disse.. "Gu, calma"... ou seja, você me acalmou. Eu acho que tava mais desesperado que você. rsrsrsrsrs. Obrigado Sassá por ter me dado a oportunidade de levar uma notícia tão importante, obrigado Sassá por você ter me dado a oportunidade de levar de volta a alegria de sua família inteira...
Prometo tentar nunca te decepcionar... conte comigo pra sempre...”

Depois disso cheguei no meu parceiro em cima do palco e no ouvido dele e disse: "cara, preciso de um favor de irmão, a Sabrina me ligou e disse que quer que só eu vá buscá-la porque eu sou o único em que ela confia..." ele disse: claro vai lá!
Aí saí correndo, 1 hora antes de acabar o show...
Meu parceiro terminou sozinho o show.

O facebook explodiu de felicidade e mensagens maravilhosas ao saber da notícia. Os pais disseram que verificariam se a história da filha era verdadeira e que iriam até a casa da família que acolheu Sabrina.

E foram. A família que acolheu a filha dos Fontão é uma família muito humilde que mora em uma casinha de madeira, em um local muito pobre. Mas Jesus nasceu em uma manjedoura, no meio do deserto, cercado por animais. Deus não faz distinção entre ricos e pobres quando quer enviar um anjo.

Agradecimentos do pai:

Caros amigos VIRTUAIS, PRESENCIAIS E FAMILIARES.

Como todos vocês sabem, nas últimas horas minha família e eu passamos por uma enorme provação, o desaparecimento de minha filha caçula Sabrina Fontão .

Desde a última sexta (11/11/11), por voltas das 18h30, quando sentimos a falta de nossa filha, passamos a viver um tor...mento imensurável, que sequer tentarei descrever.

Após o primeiro torpor devido ao susto, começamos a tomar providências que julgávamos necessárias (ligar para amiguinhos, amiguinhas, conhecidos, possíveis namoradinhos, Boletim de Ocorrência, IML, Hospitais, etc). Feitas as ações físicas possíveis, minha filha Alessandra deu início a um fenômeno fantástico, publicando em seu perfil do Facebook uma foto e um apelo para que nos ajudassem a encontrar nossa menina. Na sequência, toda  família começou a replicar o apelo e fazer novos, sempre atualizados com novas informações vindas de todos os cantos. Em poucas horas já contávamos milhares de réplicas destes apelos e a bola de neve só cresceu daí por diante.

Neste ponto eu gostaria de agradecer a toda essa imensidão de amigos incondicionais, que prontamente deixaram de lado suas próprias realidades para nos serem solidários. Sem esta força e incentivo, dificilmente conseguiríamos superar tamanha dor e desespero. O crescimento exponencial destes apelos nos trouxe a mídia televisiva, escrita e falada, que foram muito importantes também, mas principalmente por um milagre chegou à minha filhinha desaparecida e a fez criar coragem para vencer seus medos e também forneceu a ela o telefone de um amigo nosso que a resgatou no terminal de Ônibus João Dias, localizado não muito distante de nossa residência.

O que aconteceu?

Segundo minha filha, após ser flagrada cabulando aula, ficou com muito medo das broncas que poderia tomar em casa e depois de um telefonema de sua mãe, resolveu “sair andando”. Foi andando até a Ponte João Dias onde atravessou o Rio Pinheiros em sentido ao Terminal de ônibus. Perto do pilar do metro encontrou alguns papelões onde se encostou para descansar e dormiu. Algum tempo depois acordou com medo, pois ia ficando tarde e se deslocou para a passarela onde permaneceu até que uma jovem de nome Juliana a encontrou chorando e perguntou se ela estava bem.

Minha filha contou a ela que havia fugido de casa e que estava com muito medo. Juliana então disse que estava frio e perguntou se Sabrina não queria passar a noite na casa dela para depois ver o que faria. Sabrina concordou e foram para a casa de Juliana. Lá acolhida, em um barraco feito de madeira, onde residia uma família humilde, mas de bem, minha filha foi alimentada e orientada a retornar à família pelo irmão de Julia, David (20 anos).

Sofazinho onde Sabrina dormiu
Finalmente dormiu em um pequeno sofá. Ainda segundo Sabrina, lá permaneceu até a noite deste domingo, quando um amigo de David, cujo nome era Jean, lhe permitiu usar a internet onde ela acessou sua página no Facebook.

Ao ver as mensagens ficou abalada e finalmente encontrou o telefone de nosso amigo Gustavo, para quem ligou com um celular emprestado de David. Gustavo que é cantor profissional estava em uma apresentação e não atendeu na hora, mas assim que ficou livre e viu as ligações não atendidas, retornou ao número que constava e falou com minha filha. Perguntou onde estava e a convenceu a retornar para casa. David então a levou até o posto localizado ao lado do terminal João Dias e aguardou até que Gustavo chegasse para buscá-la.

Em suma, foi isto que aconteceu! Ela não esteve em posto algum, não bebeu e nem ficou andando com ninguém. Graças a Deus as pessoas de bem são em muito maior número que os maus. Agradecemos infinitamente a todos que tentaram nos ajudar. Anny não era a Sabrina no posto, mas sua ajuda nos deu muita força para prosseguirmos na busca. Obrigado pelas orações, correntes e vibrações. Nossa família esta íntegra novamente. Mais unida do que nunca e tenham a certeza vocês todos foram muito importantes para que isso fosse possível. Guardem em seus corações nosso eterno agradecimento. Nunca teremos como retribuir!

 Ricardo Gurge

www.desaparecidosdobrasil.org  



13 de nov de 2011

Sabrina Fontão, volta para casa




Veja: Um anjo chamado Juliana. Foi ela quem acolheu Sabrina Fontão. Veja as fotos e relatos emocionantes de uma história que ainda não acabou.. 



ATUALIZAÇÃO - 14/11/2011

Sabrina volta para casa -

A adolescente de 12 anos, que estava desaparecida desde a tarde de sexta-feira,  quando matou a aula e não voltou para casa com medo de ser repreendida pelos pais, já foi encontrada e está bem. Ela conta que fugiu de casa e dormiu debaixo de uma ponte na zona sul de São Paulo, onde foi encontrada por uma família que a acolheu e onde permaneceu até a noite de domingo.

Sem acesso a internet, ela não tinha idéia da grande campanha que estava sendo feita na rede  em busca do seu paradeiro e quando conseguiu acessar da casa de um conhecido da família que a acolheu, ficou assustada e ligou para os pais.

Sabrina desmente  os relatos que tenha estado em um posto de gasolina e saído em companhia de um rapaz de 25 anos.

 Segundo a tia, Sabrina ainda está em estado de choque e deverá receber a ajuda de psicólogos. As imagens da câmera de segurança do posto de gasolina onde a garota teria sido vista ainda não foram liberadas para a Polícia.


------------------------------------------------------------

Sabrina Fontão, 12 anos desaparece  na zona sul de  SP
 Continua desaparecida a adolescente de 12 anos Sabrina Fontão.  Na última sexta-feira, 11/11 ela matou a aula e os pais foram avisados da ausência da menina na escola. Desde então  não mais a encontraram. Ela trajava calça jeans, blusa com capuz e sandália. O B.O. foi feito na 11a. Delegacia, na Pe. José Anchieta. Qualquer informação comunicar imediatamente a mesma delegacia ou Disk 190.



Informações


Segundo funcionários do posto de gasolina Shell, na Marginal Pinheiros ela foi vista no local onde permaneceu sozinha por várias horas, como se estivesse a espera de alguém. Por volta das 4 horas da manhã de sábado, ela deixou o posto alcoolizada, acompanhada do homem de 25 anos em um carro vermelho.

A família rastreou os perfis da adolescente nas redes sociais, em busca de contatos que indicassem alguma pista, mas nada foi encontrado. Segundo a família de Sabrina, a Polícia já emitiu um ofício para verificar as imagens das câmeras de segurança do posto e tentar identificar o jovem levou a garota. A família também lançou uma campanha nas redes sociais para auxiliar nas buscas.

Fonte: Desaparecidos do Brasil.

31 de out de 2011

Funcionária da Mackenzie continua desaparecida

Ellen Ferreira - desaparecida
Policiais da 24ª DP, da Ponte Rasa, SP ainda não tem informações sobre o caso de Ellen Ferreira, 53, desaparecida a 15 dias.

Ellen é funcionária da Mackenzie, uma escola na região central de São Paulo e foi vista pela ultima vez no dia 16/10 e a família acredita que ela  estaria se dirigindo para a República ou Itaquera..  Desde então não se teve mais notícias dela, conta a filha que registrou o B.O. no dia 17/10.

Em nota, a instituição Mackenzie se colocou à disposição da família para auxiliar nas providências necessárias.

Na internet, principalmente Facebook, continua a campanha pela localização de Ellen.

Qualquer informação, notificar a Delegacia de Polícia de Ponte Rasa/SP ou DISCK 181.

Ela trajava uma calça jeans, tênis Nike preto com roxo e uma bolsa pequena de nylon marron. Ela não tinha nenhum problema de saúde, tem 53 anos mas aparenta bem menos. Ellen  é muito querida por todos e  alunos da Mackenzie fazem uma corrente de oração pela volta dela.

18 de out de 2011

R$ 5.000,00 de recompensa por criança desaparecida

 

Disque-denúncia de Pernambuco oferece recompensa para localizar crianças desaparecidas

Pernambuco, exemplo para o Brasil!

Pelo menos duas crianças, a cada mês, são registradas como desaparecidas junto à Polícia Pernambucana. As vítimas, todas menores de 18 anos, já somam 246 e apenas 191 tiveram informações devidamente registradas pelo serviço de Disque-Denúncia no estado. Para aumentar o número de informações, partindo da população, para facilitar a localização dessas crianças e adolescentes, o Disque-Denúncia lançou, na manhã desta quinta-feira (13), uma campanha voltada a essas vítimas, oferecendo até R$ 5 mil por informações que levem à localização

Segundo a coordenadora do Disque-denúncia, Carmela Galindo, cerca de 200 cartazes serão espalhados no estado com a foto da garota, bem como os telefones de contato do serviço, que também serão evidenciados em inserções televisivas e pelo site www.disquedenunciape.com.br. O programa segue a mesma linha da campanha que visa localizar e prender os cem acusados de crimes mais procurados pela polícia no estado, oferecendo recompensas por informações anônimas de até R$ 2 mil. “O valor, no caso dos desaparecidos, é mais alto porque estamos lidando com vidas e temos pressa. Com uma recompensa mais atrativa, de R$ 5 mil, esperamos que cada vez mais informações cheguem ao nosso conhecimento para que possamos acabar com a angústia da família dessas crianças”, conclui
 

14 de out de 2011

Gianecchini encara o linfoma como uma dádiva.


"Nunca imaginei que pudesse ter essa doença". Gianecchini é o mais novo integrante do Movimento Contra o Linfoma, campanha da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia


Foto net - Gianecchini
Dois meses após o diagnóstico do linfoma, Reynaldo Gianecchini, 38,  conta em depoimento como ficou sabendo da doença. Emocionado, Gianecchini  também fala do apoio que vem recebendo de amigos, da família e de fãs. "Fui recebendo um amor tão grande das pessoas. E esse amor era tão tocante, acho que fez tão parte do meu crescimento, para buscar essa minha força", disse.

"Encaro a doença como uma dádiva, ela me ensinou a ser forte e uniu minha família."

Além de todo o carinho recebido da família e fãs, Gianecchini diz que outra fonte de força para enfrentar o câncer é o convívio com crianças que também lutam contra a doença. "Tem muita criança que tem leucemia. Quando eu vou visitar essas crianças, saio de lá tão forte. Elas têm uma postura tão bonita, um sorriso sempre estampado no rosto."



Após dois meses de tratamento, Gianecchini decidiu gravar o depoimento em vídeo para a Abrale(Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia), uma entidade que reúne pacientes da doença.

O ator é o mais novo integrante do Movimento Contra o Linfoma, campanha lançada pela Abrale no mês de setembro. “Fazer parte de uma ação como esta, realizada pela Abrale, é muito gratificante e fortalecedor. Afinal, o objetivo principal é o que mais priorizo no momento: a vida”, disse o ator.
O Movimento conta também com a participação de mais oito artistas: Amandha Lee, Caco Ciocler, Camila Morgado, Drica MoraesMatheus Solano, Marcelo Airoldi, Odilon Wagner, Sarah Oliveira.

Em um depoimento gravado no dia 6 de outubro para a Abrale , Gianecchini conta como descobriu a doença. "Comecei a desenvolver umas alergias. Operei de hérnia na virilha, e deu uma infeçcão. Começaram a surgir gânglios na região do pescoço. (...) Tiramos para fazer a biópsia. (...) Depois de um mês veio o diagnóstico", disse. O vídeo começa com o ator afirmando que nunca imaginou que pudesse ter um câncer. "É um diagnóstico que vem, que te assusta. Primeiro porque a gente nunca imagina que pudesse ter isso. Segundo porque é uma doença que tem um estigma lá atrás. As pessoas nem falavam isso", afirmou.

Superação:
Famosos que contraíram a doença e voltaram ao trabalho:

-  A atriz Drica Moraes - (2010) leucemia
- Hebe Camargo - tumor no peritônio
- Patrícia Pilar ( 2001)  nódulo no seio
- Glória Perez - tumor nos gânglios linfáticos
- Ana Maria Braga - (1991) câncer de pele -  (200) câncer no reto
- Herson Capri - (1999) nódulo no pulmão esquerdo
- Martinho da Vila - (2001) - câncer de próstata
- Márcia Cabrita - (2010) câncer no ovário

Reynaldo Gianecchini está encarando com coragem e fé a doença e mantém  seu lindo sorriso que lhe é tão peculiar.  Força Gianecchini!


Fonte: Revista Época.

13 de out de 2011

SBP - Campanha: Violência Infantil é Covardia



Sociedade Brasileira de Pediatria lança campanha contra a violência infantil, subnotificada no Brasil
11/10/2011


SBP quer conscientizar pediatras e famílias sobre a prevenção da violência infantil, que pode trazer sérios danos ao desenvolvimento das crianças

A Sociedade Brasileira de Pediatria lança, durante o Congresso Brasileiro de Pediatria, em Salvador, a campanha “Violência é Covardia – crescer sem violência é direito fundamental das crianças e adolescentes”. O problema, que é subnotificado e que não possui dados nacionais confiáveis, é a principal causa de morte de crianças e adolescentes a partir dos cinco anos de idade. “Cerca de 70% dos casos ocorrem dentro das casas, considerados ambientes 'sagrados' – e por isso faltam estimativas que abranjam o território brasileiro”, diz Rachel Niskier Sanchez, coordenadora da campanha. Segundo ela, a primeira causa de violência é a negligência e a segunda é a agressão física.

Tipos de violência infantil:

SÍNDROME DE MUNCHAUSEN
Quando a criança é trazida para cuidados médicos devido a sintomas inventados ou sinais provocados por seus responsáveis. A partir disso, ela é submetida a exames, uso de medicamentos, sofrendo consequências físicas e psicológicas.

ABUSO SEXUAL
É todo ato sexual em que o agressor está em estágio de desenvolvimento psicossexual mais adiantado que a criança ou o adolescente. Pode ser induzido, influenciado ou forçado.

MAUS TRATOS PSICOLÓGICOS
Englobam rejeição, depreciação, discriminação, desrespeito, cobrança ou punição exageradas. Pela falta de evidências, é o tipo mais difícil de ser diagnosticado.

NEGLIGÊNCIA
Omissão do responsável em fornecer cuidados básicos e todos os elementos necessários para o desenvolvimento da criança.

Fonte: Guia de Atuação Frente aos Maus Tratos da Sociedade Brasileira de Pediatria


"No Brasil, temos o Disque 100, da Secretaria de Direitos Humanos e o SIPIA, que é o sistema de informação para a infância e adolescência. Nenhum dos dois representa a magnitude do problema", diz Sanchez.
http://denuncia.pf.gov.br. Denuncie qualquer tipo de abuso por menor que possa parecer.






Continue lendo...Desaparecidos do Brasil

Fonte: Veja online

28 de set de 2011

Conselho Federal da Medicina lança campanha



 Conselho Federal de Medicina (CFM) lançará a campanha CRIANÇAS DESAPARECIDAS  em 26 de outubro próximo e contará com o apoio dos Conselhos de Medicina de todo país, com a participação do Ministério da Saúde, da Infraero e da Associação dos Jornais (ANJ).

Segundo Ricardo Paiva, conselheiro do Cremepe, apenas em São Paulo desaparecem cerca de 50 crianças por dia, ou 18 mil crianças por ano mas o número no cadastro nacional de crianças desaparecidas  chegam apenas a 1,8 mil pessoas cadastradas. Combater esta subnotificação será um dos desafios da campanha e para isso pretende-se a divulgação da campanha através de cartazes expostos em hospitais, aeroportos, prédios públicos e em informativos publicados em jornais.

Uma das causas da disparidade de números é a falta de acessibilidade à internet, daí a necessidade de divulgação de outros meios de denúncia para inserção no cadastro nacional.

Ficou definido em reunião que junto com a campanha também será lançado um protocolo de intenções assinados por todos os parceiros, onde serão desenvolvidas as seguintes açoes:

- Divulgar o DISK 100 para informar o desaparecimento;

- Fixar cartazes em hotéis, hospitais e postos de saúde, em agências bancárias e aeroportos, além de vinculá-los em jornais, revistas, emissoras de rádio e TV.

- Fortalecer a fiscalização nas estradas e aeroportos.

- Divulgar para a sociedade formas de prevenção.

- Fortalecer o registro do cadastro nacional.

Participaram da reunião o presidente do CFM, Roberto d’Avila, o vice Carlos Vital, o presidente da comissão André Longo, Ricardo Paiva, o jornalista Jô Mazarollo e a assessora do Centro de Estudos Avançados do Cremepe (Ceac) , Fernanda Soveral. Estiveram presentes ainda representantes da Infraero Josefina Gonjito e Rovena Paiva, da  ANJ, Fernanda Santos e do Ministério da Saúde, Kamila Matos.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Cremepe.
23/09/2011

www.desaparecidosdobrasil.org

20 de set de 2011

Está desaparecido o Eng. Renato Moreira Brandão


Passeata pelo eng. desaparecido
(foto: Valquir Aureliano)

Familiares, amigos e pessoas solidárias com o desaparecimento do engenheiro civil Renato Moreira Brandão, de 54 anos, realizaram nesta terça-feira (20) uma mobilização pelo centro de Curitiba.  Familiares de outros desaparecidos também participaram e fotos foram distribuidas aos presentes. 

Os participantes se concentraram em frente ao Teatro Guaíra. De lá, fizeram uma passeata até a Boca Maldita, na rua XV de Novembro.

O engenheiro desapareceu há uma semana, quando saiu de bicicleta para um passeio de rotina. Ele estava vestido com jaqueta, bermuda e tênis. A Polícia Civil da capital investiga o caso. Até agora, o paradeiro do engenheiro segue desconhecido. (com informações CGN Notícias)
 
Brandão desapareceu na manhã do dia 13 de setembro, quando saiu para caminhar. A polícia também trabalha com a hipótese que ele estaria de bicicleta. Ele sumiu provavelmente na região do Bosque do Papa. Ontem, uma denúncia anônina levou a polícia e o Corpo dos Bombeiros a fazer uma varredura no Bosque do Papa mas não encontraram nenhum vestígio.

Quem souber de alguma informação  ligue para a polícia. Quem ínvestiga o caso é a Delegacia de Vigilância e Capturas de Curitiba/PR.

16 de set de 2011

Estudante de direito desaparece em Florianópolis

EVERTON CRUZ - TON
contato@desaparecidosdobrasil.org


No último dia 27 de agosto, Everton Cruz  conhecido como Ton, saiu de casa e ninguém mais teve notícias dele. Ele é estudante de Direito da Univali, Kobrasol,  grande Florianópolis. Quem tiver alguma informação,  favor entrar em contato ou avisar a polícia - DEIC Capoeiras, Florianópolis/SC.



 


14 de set de 2011

ANA PAULA MORENO desaparecida em Carapicuiba,SP


Depoimento de  D. Sandra Moreno, mãe da Ana Paula Moreno, desaparecida em 03/10/2009



“No dia 03 de outubro de 2009 minha filha Ana Paula Moreno Germano, de 23 anos, saiu de nossa casa na cidade de Carapicuíba (SP) às 5h30min para ir trabalhar, cumprindo uma rotina que já fazia há quase dois anos. Ela entrava às 6h da manhã em uma empresa no bairro de Alphaville, região de Barueri, São Paulo, onde eu também trabalhava, só que no horário da tarde. Às 13h30min, quando cheguei à empresa, descobri que Ana Paula não tinha aparecido no trabalho aquele dia. Na mesma hora liguei para o seu celular, mas estava fora de área. Minha filha mais velha, juntamente de seu esposo, foram me buscar para irmos a empresa de ônibus conseguir com o setor de tráfegos um relatório do cartão de passagem de ônibus, que naquele dia não havia sido usado. Como Ana Paula não tinha dinheiro na carteira, ficou claro que não embarcou no ônibus. Em seguida parti para as empresas de monitoramento da cidade, pois Alphaville tem muitas câmeras de segurança. Tive acesso a todas as imagens daquele dia, ficando claro que minha filha não chegou a passar pela região. Às 18h eu já estava dentro da delegacia registrando o B.O (Boletim de Ocorrência), no dia seguinte fui a D.H.P.P. em SP Capital, registrando a queixa, levei a foto dela para ser colocado no site da polícia. Dos policiais das delegacias por onde passei ouvi que eu já tinha levado 90% do trabalho pronto para a polícia. Até onde entendi, restava 10% para a polícia fazer, mas que não tiveram a capacidade de realizar. Da polícia tenho o B.O e mais nada. Não concederam nem a quebra do sigilo telefônico da minha filha, talvez a única maneira de conseguirmos uma pista.



São quase dois anos de muita luta com a Justiça em todos os setores: delegados, promotores, enfim, já tentei de todas as formas. Por desencargo de consciência fui até ao prefeito da minha cidade e dele ouvi que nada poderia ser feito. Diante de tanto descaso, resolvi buscar uma providencia. Comecei a montar um quebra cabeça colocando tudo o que precisaria ter acontecido e não aconteceu, tudo o que deveria ter sido feito e não foi, e comecei a escrever uma resposta daquilo que com certeza precisaria acontecer. Nessa investida soube que para ser apresentado ao Congresso Nacional um pedido que se comprova que o que existe não funciona, precisa, junto com o pedido de mudanças, ter 1 milhão de pessoas que queiram a mesma coisa. Resolvi então começar a recolher essas assinaturas para mudar a situação do desaparecimento de pessoas no Brasil. Estas assinaturas deverão ser recolhidas entre os estados brasileiros. Quem quiser me ajudar e a todas as mães de pessoas desaparecidas no Brasil, basta assinar este abaixo-assinado. Desistir dessa luta é desistir de minha filha, coisa que jamais farei.



Sinto em mim a dor de todas as mães dos desaparecidos, uma dor que nos enfraquece, que é a dor da incapacidade. Nos sentimos incapazes diante de tanto descaso, com nossos filhos sabe Deus onde, e nós sem poder fazer nada, esta dor é que nos aniquila. Mesmo assim nós, mães de desaparecidos, lutamos, temos projetos, temos sonhos e acreditamos que podemos mudar. Sei que são muitas as barreiras, que nem sempre temos forças ou condições de continuar, mas não importa. O que importa mesmo é a força e a fé que tenho que nós todas vamos vencer esta guerra. Para isso precisamos da sua assinatura.



Meu muito Obrigada,Sandra Moreno
abaixoassinadobrasil@uol.com.br

DIEGO desapareceu em Sertãozinho-SP

Diego Gonçalves Carvalho (DESAPARECIDO)


Cadastrado em 11/09/2011
 
 
Informações  enviadas pela mãe Sra Marta.
 
Meu filho Diego Gonçalves Carvalho, nascido em 23/09/1982, natural de Ribeirão Preto-SP, filho de Oripes Gonçalves Carvalho e Marta Maria da Cruz Carvalho, desapareceu na cidade de Sertãozinho-SP, no dia 10/12/2010, B.O 3262/2010 daquele municipio, olhos verdes, cabelos castanho claro, branco, sinal de queimado do lado direito do rosto, várias tatuagens pelo corpo, ajudem a encontrá-lo. publiquem.

Marta Maria da Cruz
Rua José Zambianchi, 360
Bairro : Adelino Simioni-Ribeirão Preto-SP
Fone: 16- 30135609
Parentesco: Mãe
 
Informações podem ser enviadas também à Polícia Civil de SP ou ao nosso cuidado.




PROCURA-SE JOANA Souza

Joana Xavier de Souza Lisboa  ( DESAPARECIDA)

 
Joana Xavier de Souza Lisboa (33 anos)  -  Desaparecida em 13/03/2011
 
 
 Joana com sintomas de depressão se encontrava numa Clínica de Repouso em Canasvieiras, Florianópolis/SC de onde fugiu em 13/03/2011 sem dinheiro e sem documentos. Nunca mais foi vista.
 
O caso foi registrado no DEIC,  7A DP
 
Tem uma página no Facebook com mais fotos e informações.
 
Qualquer informação pode ser enviada para a Delegacia de Florianópolis ou pelo email abaixo. Ou ainda entrar em contato conosco.
 
Fone: (48) 8434 5868
E-mail
para informações - lenorexs@hotmail.com


9 de ago de 2011

A POLÊMICA DOS PÔNEIS MALDITOS


Comercial da Nissan
 CONAR abre processo contra o vídeo "Pôneis Malditos da Nissan"

    Não se fala em outra coisa

O vídeo dos "Pôneis Malditos", comercial da Nissan que estreou no último dia 29 de julho na internet e em seguida na TV, tornou-se um dos assuntos mais comentados na rede. Em apenas dez dias, o vídeo postado no Youtube teve a fantástica visita de mais de 9 milhões de pessoas.

Nem todos tem opiniões favoráveis ao comercial e após ter recebido cerca de 30 reclamações vindas de várias regiões do país, com denúncias contra o uso da expressão "pôneis  malditos" associando  figuras infantis com  a palavra maldito, a Conar (Conselho de Autoregurregulamentação Publicitária) abriu processo contra o vídeo criado pela Lew"Lara/TBWA, agência de publicidade da Nissan. Em decorrência disso, será nomeado um relator que estudará as denúncias e caso ele se manifeste sobre a concessão de uma medida liminar, o comercial deverá sair do ar até que o processo seja julgado. O julgamento, segundo o Conar, ocorre em torno de 30 dias.

A Nissan tem-se especializado cada vez mais em criar comerciais  agressivos onde o auge é dar alfinetadas em seus concorrentes, basta lembrar das polêmicas anteriores quando do lançamento do Lavinia, do Frontier e do Nissan Tiida 2011.

Enquanto uns reclamam da ousadia da Nissan, outros elogiam a criatividade dos seus comerciais.

O certo é que toda a polêmica em torno do "pônei maldito" só serve para promover mais e mais a marca Nissan e aumentar significativamente suas vendas.

24 de jul de 2011

Linda Mensagem...é pra você!



LINDA MENSAGEM ...É PRA VOCÊ!!!!!

( espere  um pouquinho ... já vai carregar)

23 de jul de 2011

O mistério mais intrigante do país - O escoteiro desaparecido.

A única certeza é que se trata de um dos maiores mistérios do país:
Marco Aurélio sumiu e nunca se encontrou nenhum vestígio do adolescente, nem mesmo suas roupas ou o apito. Nada!


Marco Aurélio, desde pequeno era bem quisto por todos, muito brincalhão, extrovertido, líder e representante de classe, fazia parte de movimentos católicos e se formou escoteiro. Tinha excelente relacionamento com a família e seu irmão gêmeo Marco Antonio que sente até hoje, que seu irmão está vivo. Porém, num fatídico junho de 1985, toda essa alegria emudeceu e deu lugar a um drama que envolve um dos maiores mistérios que se tem conhecimento no Brasil e persiste até os dias de hoje.


Aos 15 anos ele decidiu participar pela primeira vez de uma excursão organizada pelo Grupo Escoteiro Olivetano, de São Paulo, chefiados por Juan Bernabeu Céspedes, que na época estava com 30 anos de idade. Outros três escoteiros participaram da excursão, todos da cidade de São Paulo e com idades entre 14 e 16 anos: Osvaldo Lobeiro, Ricardo Salvioni e Ramatis Rohm. (foto dir.)

O objetivo: Alcançar o Pico Marins a 2420,7 m de altitude.

O trekking na subida ao pico é considerado de dificuldade média-pesada. A subida é conhecida como escalaminhada, não sendo necessários equipamentos especiais como cordas e grampos. Sempre deve-se contar com ajuda de guias para evitar se perder na trilha. Atenção especial com a hipotermia para quem vai passar noite no topo já que lá no verão a temperatura pode chegar até 0 grau em alguns dias e no inverno atingir até 12 graus negativos.

Naquele dia 8 de junho, durante a escalada rumo ao pico Marins quando estavam a 2.300 metros de altitude, um dos escoteiros, Osvaldo Lobeiro se machucou, o que impediu que continuassem a escalada. Decidiram então voltar e Marco Aurélio que havia sido nomeado monitor da equipe num "fogo de conselho" (reunião ao redor de uma fogueira, típica do escotismo) na noite anterior, foi incumbido pelo chefe Juan Bernabeu Céspedes de descer na frente em busca de socorro. Orientado a escrever o número 240 (número do Grupo Escoteiro Olivetano) com giz nas rochas como sinalização durante a descida, o jovem partiu para cumprir a determinação do chefe e nunca mais foi visto: DESAPARECEU MISTERIOSAMENTE.

Marco Aurélio carregava consigo um apito, comum entre os escoteiros para ajudar na comunicação e localização e um giz de marcação. O mais intrigante é que Marco Aurélio era um dos mais experientes do grupo e conhecia as técnicas de sobrevivência na selva. Mesmo que tivesse que pernoitar na mata, saberia abrir clareiras para visualização aérea no caso de se perder.  Porém nenhum vestígio dele jamais foi encontrado.

Seu desaparecimento ganhou as manchetes do país inteiro e uma grande mobilização, como jamais vista foi montada. Durante 28 dias, mais de 300 pessoas entre policiais civis e militares, soldados do Batalhão de Infantaria do Exército sediado em Lorena, do COE (Comando de Operações Especiais) e bombeiros, bem como voluntários civis que incluíam alpinistas, mateiros e guias da região se mobilizaram na busca. Até mesmo parapsicólogos, sensitivos e videntes participaram dos esforços. A região foi completamente vasculhada e sobrevoada por helicópteros e aviões, sem sucesso.

NO FANTÁSTICO


João Correa, guia que ajudou nas buscas disse: " De tudo que é local que pudemos entrar nós entramos. Se ele não foi encontrado é porque não estava na área, se estivesse la, nós o teríamos encontrado". (Foto a esquerda João Correa)

As desconfianças recaíram imediatamente sobre o líder do grupo Juan Céspedes. Ele foi tachado de irresponsável ao mandar o adolescente sozinho montanha abaixo por caminhos que ele não conhecia, em busca de ajuda. Durante a investigação ele foi suspeito de haver cometido um crime e foi intensamente interrogado, mas ele foi taxativo ao negar qualquer crime.

“Nunca desconfiamos do Juan Céspedes porque ele era amigo da família. Chegou a passar o Natal com a gente. Mas hoje penso diferente”, afirma o pai.

“Não quero incriminá-lo, não existem provas. Mas os escoteiros contaram que Juan chegou a acompanhar meu filho por um trecho quando ele foi buscar ajuda. Depois ele voltou, pegou o resto do grupo e desceu a montanha por um outro caminho”.
Quando o grupo finalmente chegou a base, Juan voltou sozinho ao local e procurou Marco Aurélio por umas cinco horas. Só depois ele voltou e comunicou o sumiço.

UM MISTÉRIO QUE MEXE COM O IMAGINÁRIO DAS PESSOAS

O estranho desaparecimento criou base para muitas teorias desde homicídio, sequestro, amnésia, fuga voluntária, abdução e até mesmo a possibilidade dele ter sido devorado inteiro por alguma cobra gigante.

Em 1986, a mãe de Marco Aurélio procura por Chico Xavier e durante a sessão Chico abraça a mãe e diz: "Desculpe, mas só faço contato com desencarnados"

Sem pistas, o processo é arquivado em 5 de abril de 1.990.

Recentemente, o jornalista e escritor Rodrigo Nunes relizou um trabalho investigativo sobre o caso, que durou um ano e dez meses. Essa investigação se transformou em um livro onde ele relata fatos que aconteceram naqueles dias. Conta sobre clarões e luzes vistas a noite sugerindo a presença de discos voadores na região.

Em outro trecho ele escreve que o escoteiro Osvaldo, o que se machucou e foi transportado por uma maca, em depoimento à polícia levantou uma suspeita sobre a possibilidade de crime de pedofilia. Contou que na noite anterior ao desaparecimento quando eles ainda estavam na base, Marco Aurélio teria saído da tenda para urinar e em seguida o lider Ruan também saiu. Quinze minutos depois retornaram e Osvaldo percebeu uma agitação incomum em Marco Aurélio o que lhe causou suspeitas.

Com o sucesso do seu livro, Rodrigo Nunes realiza novas investigações e escreve "Operação Marins 2" onde relata suas novas descobertas. A idéia agora é transformar tudo em um filme.




O pai, jornalista Ivo Simon diz,

" É um trauma assim que não passa....eu espero estar vivo ainda um dia para saber o que aconteceu com meu filho Marco Aurélio"
.

Disposto a tudo, o pai de Marco Aurélio pretende fazer novas investigações e também divulgar a foto do outro filho, Marco Antonio que é o irmão gêmeo, na esperança que alguém possa reconhecê-lo. Para isso criou um blog e pede ajuda para a divulgação: escoteirodesaparecido.blogspot.com


Ninguém acredita na morte de Marco Aurélio, nem mesmo a polícia.


As possibilidades prováveis são poucas:

Ele poderia ter-se perdido naquela montanha com mata cerrada e pedras gigantescas, caído em algum precipício de difícil acesso a quilômetros dali e nunca seria encontrado. Esta é a hipótese menos provável porque ele marcaria o local a medida que seguisse em frente ou retornaria pelo mesmo caminho marcado caso se achasse perdido.

Abdução por ovnis também é improvável pelo local ser de mata fechada, e ainda assim haveriam sinais ou até mesmo a 'devolução' do garoto após tanto tempo. (segundo especialistas)

Assassinato ali naquele local, onde carregar e dar sumiço em um corpo seria quase impossível pois tudo foi vasculhado e cães farejadores teriam encontrado o corpo.

O MAIS PROVÁVEL SERIA:
Perda de memória, devido uma forte coação psicológica ou medo, que poderiam tê-lo feito percorrer quilômetros, porém acabaria sendo encontrado uma vez que estava uniformizado e o caso foi divulgado em todas as mídias.

Fuga motivada por ameaças ou por alguma briga entre os membros. Ainda assim, com o passar dos anos ele já teria entrado em contato.

Sequestro premeditado com envolvimento de terceiros para algum fim escuso.

    Em algum momento, falta um pedaço dessa história. Talvez hoje com novas tecnologias se descubra finalmente onde está a chave deste mistério.

Amanda iab
----------------------------------------------------------------------------------------------------

Informações podem ser enviadas para o nosso contato e será encaminhado à família.

--------------------------------------------------------------------------------
Fonte: DESAPARECIDOS DO BRASIL
Fotos e informações net. // Foto do Cartaz enviado pela irmã de Marco Antonio (foto).


CARTAZ PARA DIVULGAÇÃO:  (by iab)


11 de jul de 2011

Rafael Caroni - Precisa da sua ajuda!




Rafael Caroni hoje
Nosso amigo Rafinha, como é carinhosamente chamado, nasceu em 01.04.1979.  Aos 24 anos, no auge da sua juventude, de planos e sonhos, sofre um afogamento na cidade de Tramandaí/RS que lhe causa uma lesão chamada " Hipóxico-isquêmica cerebral ",  deixando-o totalmente tetraplégico, sem fala e dependente de tudo.

Sua família, diante de tamanha tragédia, num gesto de imenso amor e solidariedade se une e tentam desde então, cercá-lo  com o máximo de carinho e atenção, numa tentativa de diminuir tamanho sofrimento.

Já são longos oito anos onde a rotina desses pais e irmã tão amorosos, são direcionados a esse jovem que além dos cuidados permanentes durante as 24h do dia, também necessita de muita medicação e acompanhamento médico. A constante ajuda de amigos e pessoas solidárias é fundamental e tem possibilitado a continuidade do tratamento que é caríssimo, mas a necessidade é contínua.
Rafael a 8 aos atrás

Dona Lurdes, mãe do Rafa, conta:
"Em face desta doença precisamos de muita ajuda para a lenta e parcial recuperação do nosso Rafa.  Se vc puder, continue a nos ajudar, precisamos que o Rafa continue seu tratamento, mas sem a ajuda de vcs nada poderemos fazer......" "... Quem viveu dentro de minha casa ou que simplesmente nos visitou viu isso. Infelizmente não queremos colocar o Rafa em uma Clínica, meu amor de mãe jamais faria isso. Juro prefiro pedir esmolas nas sinaleiras do que abandonar meu filho. " e conclui: "Meus gastos para a manutenção de todo o aparato diários, vão deixando um rastro de dívidas e necessidades pelo caminho!!!
Rafa, minha paixão!

Por favor se puderem nos ajudar!!

Pode ser uma oração, uma visita, roupas, alimentos , medicações e produtos de higiene ou nos ajudando financeiramente!!


 Infelizmente a tragédia não deu trégua a esta família e o Sr. Antonio, pai do Rafael, veio a  falecer em Junho/2011, vítima de um câncer cerebral, causando mais um impacto na pequena família do Rafinha, deixando-os ainda mais necessitados de ajuda  para suprir  todos os gastos básicos. No vídeo abaixo, ainda podemos ver a emoção do Sr. Antonio quando fala sobre o filho...



Comunidade no orkut:
http://www.orkut.com.br/Main#AlbumList?uid=12979413612062700064

Blog:
http://rafaelcaroni.blogspot.com/

Necessidades de Rafinha - entre em contato com D. Lurdes.



 Por favor se puderem nos ajudar!!
Pode ser uma oração, uma visita, roupas, alimentos , medicações e produtos de higiene ou nos ajudando financeiramente!!

Lurdes, mãe do Rafa

BANCO DO BRASIL:
Ag: 1249-1
C/C: 23.760-4

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL:
Ag:0435
C/P:013 1931-0

Titular: Paula Cristiane Pruss Caroni


BANRISUL:
Ag:0032
C/poupança: 39.052196.0-6

BANCO ITAÚ
Ag: 0604
C/P:34770-8/500

Que Deus Pai centuplique em bênçãos, graças , saúde, prosperidade e paz tudo aquilo que vc fará para ajudar o Rafael!

---
11/07/2011

7 de jul de 2011

Urgente D. Vilma se perdeu no Rio de Janeiro

 
Amigos(as),
 
A avó do meu amigo Vinícius, está desaparecida. Resolvi escanear o cartaz e enviar-lhes, pois sei o quanto ele e toda família está sofrendo. Ouro dia, ele que trabalha na Lagoa, pegou um táxi correndo e foi para Madureira, quase perdeu emprego por isso, pois recebeu  telefonema que encontraram alguém com características dela, mas infelizmente não era. Já foi a vários lugares e nada.
 
Ela morou muitos anos em Irajá, na Rua Licínio Barcelos e após isso, morava na Rua Canudos, que é mais para o lado da Av Brasil, ainda em Irajá no RJ.
Obrigada,
--

4 de jul de 2011

Onde Estão Nossas Mães? Filhos adotivos Brasil/Israel

Milhares de brasileiros adotados por israelenses nos anos 80/90, vítimas das quadrilhas de tráfico internacional de crianças de Arlete Hilu e outros, procuram hoje por suas mães e famílias biológicas.....

Muitos desses jovens procuraram pela Sandrinha proprietária da comunidade "Procuro mãe, família biológica" contando suas histórias e o grande sonho que é comum a todos eles, que é o de encontrarem suas famílias biológicas.  Decidimos então publicar os casos no site Desaparecidos do Brasil e divulgá-los, na esperança  que as mães que tiveram filhos desaparecidos por volta desse período, entrem em contato com este blog e faremos a intermediação com esses jovens  que moram em Israel mas tem seu coração em parte no Brasil.

Para compreender melhor como a maioria dessas crianças foram parar em Israel, Canadá e Europa, leia-se o artigo:
Tráfico Internacional de Crianças - anos 80/90

Abaixo seguem alguns nomes dessas crianças hoje já adultos e resumo  do seu histórico.  Aos poucos, a medida que formos recebendo  mais nomes, estaremos publicando aqui.  Ao todo somam milhares.


DORON SILVA - DORON LEVNER

1 – DORON SILVA / DORON LEVNER
Nome de registro de nascimento – Doron Silva
Nome após adoção – Doron Levner
Data de nascimento- 27\05\1988
Local de nascimento- Recife, Pernambuco.
Nasceu no hospital- IMIP, Recife
Cidade  em que foi realizado o processo de adoção – Jaboatão-PE
O nome da mãe biológica ( nome verdadeiro )- Regina Lucia Da Silva.
O advogado que cuidou do caso da adoção- Parolina Dourado.
Doron foi adotado por um casal israelense
ULTIMO ENDERECO DA MAE BIOLOGICA( ano 1995 )- Silvio Portugal 245, CEP-01247-060, Sao-Paulo.
 Doron recebeu algumas cartas e fotos da mãe biológica, através da advogada Dra. Parolina, mas infelizmente a advogada faleceu e o contato foi interrompido em 1995,
Nas cartas, a Regina Lucia (mãe biológica) conta ao Doron que mudou de Recife para São Paulo para estudar. Ela trabalhava e uma fábrica, como secretária.
O último endereço, ninguém a conhece ou se lembra dela
Informações, entrar em contato - contatodesaparecidos@gmail.com

DORON  Procura sua família biológica no Brasil




LIOR SANTOS - LIOR VILK  (Casey)

2-  LIOR SANTOS / LIOR VILK
Nome de registro de nascimento: Lior Santos
Nome após adoção –  Lior Vilk
Datad e Nascimento: 01/09/1985
Local de Nascimento: Curitiba/PR (registrado na 6ª Circunscrição do Registro Civil desta cidade sob nº 898, fls. 63, do Livro A-403)
Mãe biológica – Isabel Alves dos Santos  (CTPS-PR nº 65342, expedida em 09/05/1984.)
Pais adotivos:  Abraham Bov Vilk e Tova Henia Vilk  ( israelenses domiciliados em Israel. )
Data da Adoçao:  05/09/1985 ( Através da procuradora da família adotiva, advogada Vilma Ferreira Oliveira, OAB 5485/RJ. )

Data de expedição do passaporte para Lior Vilk : 16/setembro/1985
Saída do Brasil em companhia de Paulo Sergio Couto Ferreira,  em 17/09/1985


 
_______________________________________________________

Estes que seguem ainda aguardamos fotos e detalhes que serão enviados em breve.
A maior dificuldade é a barreira com o idioma, pois poucos falam o português.


INBAL CARDOSO
Nome : INBAL CARDOSO
data de nascimento : 27-1-1986
cidade de nascimento : RIO DE JANEIRO

RONI PEREIRA
Nome : Roni Pereira
data de nascimento : 14-7-1984 ou 23-7-1984
cidade de nascimento : PONTA GROSSA , PARANA

BORA ROTEM
Nome:: BORA ROTEM
DATA DE NACIMENTO : 25-3-1986
RIO DE JANEIRO - HOSPITAL MATERNIDADE CORACÃO DE JESUS

HOFIT SINVANI
Nome : hofit soares , a filha da Roseli Gomes Soares
Data de nascimento : 5-12-1985
Cidade de nascimento : Fortaleza , Ceara , Brasil

OR HINDI
Nome : Or Hindi
Nome Biológico: Or Wons
Filho de: Zenaide Wons
Data de nascimento : 06/11/1983
Cidade de nascimento : Curitiba , Parana , Brasil


Por, Amanda iab.


Por coincidência saiu esta matéria abaixo, a poucos dias, falando do mesmo assunto, publicado por um jornal da comunidade israelense. Segue:

13.06.2011
O maior jornal de Israel, o Yedioth Aharonoth, publicou uma reportagem nesta terça-feira com dez jovens de 20 e poucos anos, todos adotados no Brasil.
Estima-se que 3 mil bebês brasileiros tenham sido adotados por israelenses na década de 80, muitos deles com documentação falsificada.







A matéria consiste numa série de cartas que esses jovens enviaram para a cineasta israelense Nili Tal, que fez dois filme sobre essas adoções, "The girls from Brazil" (2007) e "Bruna" (2008).

Agora, a cineasta decidiu - com autorização dos jovens - enviar as cartas para a presidente do Brasil
Dilma Rousseff via a embaixada do Brasil em Tel Aviv.
Nas cartas, os jovens adotados revelam que sonham encontrar suas mães biológicas brasileiras. Alguns deles tentaram, mas não conseguiram por causa dos papéis falsificados ou simplesmente porque não obtiveram informações. Todos sentem um grande vazio por saberem de onde são, mas não de quem são realmente filhos.








"Ninguém pode se colocar no lugar de uma criança adotada. Vivo com uma sensação de orgulho porque fui escolhida, mas também nutro emoções difíceis por ter sido entregue, porque não me quiseram. Pode ser que esse meu ciclo se feche quando eu for mãe. Uma das frases que mais me lembro dos meus pais é a de que eu não vim 'da barriga' e sim 'do coração'", escreveu Racheli Roth, de 21 anos, que nasceu com o nome de Karen na cidade de Curitibanos, em Santa Catarina.
Racheli também conta, na carta, que viajou ao Brasil para encontrar sua mãe biológica, que, segundo os documentos da adoção, se chama Elisa Maria do Amparo. Mas não conseguiu encontrá-la. Sua frustração ecoa a dos outros jovens, alguns dois quais pedem a ajuda do governo brasileiro para realizar o sonho de conhecer seus pais biológicos.

Fonte:
Desaparecidos do Brasil

Comunidade - Procuro mãe, família biológica
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=4282611

22 de jun de 2011

Hospital de Brasília procura por família de pacientes





 Procuro minha família, minha história


    Muitos pacientes internados no Instituto de Saúde Mental estão a procura de seus parentes cujas famílias estão desaparecidas.


Ulisses de Castro

Ulisses de Castro, diretor do Instituto, conta que ali eles também realizam um trabalho de busca pelas familias dos internos que se encontram sem memória e alguns sequer lembram do seu próprio nome. Já tiveram vários resultados felizes, por isso o trabalho de divulgação é tão importante
 
Graziele do Serviço Social diz: "Conheçam suas histórias e quem sabe com a sua ajuda, divulgando os casos, possamos reintegrá-los ao convívio familiar proporcionando-lhes a alegria de conhecerem suas famílias e recuperarem um pouco da sua história."
 
Site: https://sites.google.com/a/desaparecidosdobrasil.org/desaparecidos-do-brasil/ltimas-notcias/procuro-minha-famlia


Se alguém tiver alguma informações, entre em contato pelo telefone do Serviço Social do Instituto de Saúde Mental é (61) 3399-3755,

ou pelo e-mail: contato@desaparecidosdobrasil.org

2 de jun de 2011

Criança 4 anos desaparecida em Catiguá, SP.

 Atualização: 28/11/2011 -  Sumiço de Nicolas chega a 6 meses sem solução
Mãe diz ter esperança de achar filho vivo e polícia se cala sobre o assunto; único suspeito foi solto.

 http://www.redebomdia.com.br/noticia/detalhe/5681/Sumico+de+Nicolas+chega+a+6+meses+sem+solucao 
______________________________
Atualização: 01/06/2011 -  Um telefonema anônimo parece ter colocado a Polícia Civil na cola do sequestrador do garoto Nicolas Mori, 4 anos, desaparecido desde a na manhã do último sábado.

Segundo o delegado Hélvio Bolzani, que comanda as investigações, o relato dessa testemunha trouxe indícios que podem ajudar a dar um desfecho mais rápido ao caso.

“Este caso parece estar perto de ser solucionado”, afirma Bolzani, que preferiu não se aprofundar nos comentários sobre as hipóteses, para não atrapalhar as investigações. Na avaliação do delegado, o desaparecimento de Nicolas pode ser classificado como uma situação atípica.
_____________________________

31/05/2011 - Dr Elvio Bolzani,  delegado responsável pelo caso do pequeno Nícolas de 4 anos desaparecido na região de Catiguá, declara que pode se tratar de sequestro, uma vez que foram realizadas várias buscas  no local e nunhum corpo foi encontrado.
Entrevista: http://www.oregional.com.br/portal/podcasts.asp?Cod=255289
_______________________________________________________________________________


Criança com 4 anos desaparecida
Uma criança de apenas 4 anos está desaparecida desde sábado na cidade de Catiguá, região de Catanduva. A criança que mora em uma fazenda brincava no quintal quando não foi mais visto pela família.

Uma força-tarefa formada por policiais de Catiguá e o Corpo de Bombeiros de Catanduva e Rio Preto procurou, durante todo o sábado e domingo, mais sem sucesso.

A equipe do helicóptero Águia, da PM, também ajudou nas buscas. Os pais perceberam o desaparecimento do filho às 8h de sábado. Primeiro, procuraram por toda a propriedade, mas não encontraram a criança. Depois, chamaram a polícia. Uma das portas da residência do casal, que era fechada com o apoio de uma cadeira, foi encontrada aberta.

A área é composta por mata, riacho, córrego e solo irregular e uma equipe de 25 homens trabalham no resgate.

Informações com a Polícia local ou Disk 100

contatodesaparecidos@gmail.com
 DESAPARECIDOS DO BRASIL

Fonte: Região Noroeste.com.br

1 de jun de 2011

Rosiane, 13 anos desaparece a caminho da escola.

Atualização:   Já voltou para casa - 17/Junho/2011
_____________________________________

Está desaparecida desde  quarta feira, 15, a menina Rosiane Silva de Carvalho,  ou Rosa, como ela é conhecida.

Rosa -
 Rosiane Silva de Carvalho
 Ela saiu da sua residência as 7 horas da manhã, em direção ao Colégio Liege Gama Rocha localizado no município de Coruripe/AL, mas não chegou a entrar na escola.

Segundo a família de Rosa,  que é bem conhecida no município, ela não teve nenhum problema dentro de casa e contam ainda que ela nunca passou tanto tempo longe da família.

Quem tiver alguma informação sobre a localização da garota pode entrar em contato com a família pelo número 82 9104-1104.

30 de mai de 2011

NICOLAS criança desaparece em Poá

Atualização: 20/Junho/2011

 Nota - Nicolas  foi encontrado sem vida.

http://noticias.r7.com/cidade-alerta/videos/?idmedia=4dffb9e4b51a4b961b359059

--------------------------------------------------------------


CRIANÇA DESAPARECIDA - POÁ - São Paulo

Nícolas Alexandre
 Vieira Ribeiro desaparecido
No último domingo, dia 5, Nicolas de 7 anos,  brincava tranquilamente em frente da sua casa, no Jardim São José, quando desapareceu sem deixar qualquer vestígio.

O investigador chefe Marco Antônio da Silva afirmou ontem que "tudo ainda é um mistério, realizamos buscas, mas não encontramos nenhuma pista". Ainda de acordo com o policial, o delegado titular Renato de Almeida Barros designou uma equipe para cuidar do caso.


Na noite de domingo,  Nicolas vestia uma camisa antiga da Escola Municipal Padre Eustáquio, onde estuda. "Ela é branca com faixas da cor azul", disse o padrasto, esclarecendo que o seu enteado ainda trajava calça jeans e calçava sandálias.

"Ele é um garoto esperto, tem até carteira de identidade, porém como estava só brincando o documento ficou em casa",  conta Alexsandro, padrasto do garoto.

Sua mãe Lucimara Ribeiro de 29 anos distribui cartazes por  todo o local com a ajuda do companheiro Alexsandro na esperança que alguém lhe de alguma informação.  "Já distribuímos cartazes em toda a região e procuramos a Polícia Civil para informar sobre o sumiço de Nicolas", contaram.



Mãe de Nicolas

Informações sobre o garoto podem ser dadas pelos telefones 4639.8347 e 9150.3828. Em caso de urgência também a Polícia Militar pode colaborar pelo telefone 190, do Copom (Centro de Operações da Polícia Militar).

Fonte: O Diário

25 de mai de 2011

A SAGA DO GOVERNO JUNTO ÀS CRIANÇAS DESAPARECIDAS


No dia Internacional da Criança Desaparecida, cabe-nos uma reflexão sobre esta que é a maior vergonha para a nação brasileira, cujo governo  quase nada faz para inibir  sequestros de crianças envolvendo tráfico de órgãos, trabalho escravo e prostituição infantil, ocasionando milhares de desaparecimentos levando famílias inteiras ao desespero por anos, décadas, sem fim.

Tentativas fracassadas do Governo Federal em solucionar o problema.
ReDESAP - Em 2002 é criada a Rede Nacional de Localização e Identificação da Criança e do Adolescente Desaparecido (ReDESAP), vinculada à Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH) da Presidência da República e Ministério da Justiça. O objetivo da ReDESAP seria agregar e divulgar fotos de desaparecidos e dos posteriormente encontrados nos diferentes estados da União. (www.desaparecidos.mj.gov.br)
Nota:  Tanto o  site quanto as crianças lá registradas encontram-se em total abandono.
BUSCA IMEDIATA - Seguiu-se a aprovação da Lei Federal 11.259, de 02 de janeiro de 2006, que determina a investigação imediata do desaparecimento de crianças e adolescentes após a notificação aos órgãos competentes como delegacias de polícia, delegacias especializadas, varas de infância e da juventude e conselhos tutelares. Essa Lei é um acréscimo ao Art. 208 do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei. 8069,13 de julho de 1990), que determina a investigação imediata do desaparecimento de crianças e adolescentes, após a notificação aos órgãos competentes, que deverão comunicar o fato aos portos, aeroportos, Polícia Rodoviária Federal e companhias de transporte interestaduais e internacionais, fornecendo-lhes todos os dados necessários à identificação do desaparecido.
Nota: Cinco anos se passaram e ainda encontramos Delegacias que não cumprem a determinação da  lei  e desconhecem a chamada "Busca Imediata".
CADASTRO NACIONAL - Em 2009, foi instalada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o desaparecimento de menores de 18 anos no Brasil, entre 2005 e 2007, que resultou no Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos (Lei 12.127, de 17 de dezembro de 2009) e na criação do Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas, desenvolvido pela SEDH e Ministério da Justiça. Esse cadastro tem por finalidade agregar informações sobre desaparecidos de todas as idades, não se restringindo às crianças e aos adolescentes, e será integrado à Rede Infoseg da Secretaria Nacional da Segurança Pública (Senasp), cujas informações serão validadas pelas entidades governamentais e não governamentais, que trabalham com essa temática.
Nota: Um ano e meio após o seu lançamento em janeiro de 2010, o Cadastro Nacional de Desaparecidos é mais um enorme fracasso do governo. Direitos Humanos, Ministério Público, Instituições parceiras da Redesap,  Ongs, Conselhos Tutelares e Delegacias de Polícia, não encontram o denominador comum para a realização do Projeto.
DELEGACIAS ESPECIALIZADAS - No dia 9 de novembro de 2010, O relatório final da CPI sobre o Desaparecimento de Crianças, elaborado pela deputada Andreia Zito (PSDB-RJ), é aprovado por unanimidade. Entre as principais propostas do texto estão a criação, pelos governos federal e estaduais, de delegacias especializadas na investigação do desaparecimento de crianças e adolescentes. Estas delegacias especializadas deverão ter equipes multidisciplinares capacitadas para lidar com desaparecimentos, integradas por policiais, assistentes sociais, psicólogos, médicos, advogados e educadores. Andreia Zito cita o exemplo do Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride), vinculado à Polícia Civil do Paraná, que consegue resolver 99% dos casos que chegam até o órgão. “A experiência e o know how do Sicride devem ser levados a todo o Brasil, dado o seu sucesso”, afirma.
Nota: A implantação de Delegacias Especializadas, vinculadas entre os Estados são fundamentais para uma redução drástica no quadro de crianças desaparecidas. Há de se perguntar o que ainda está impedindo os Estados de cumprirem a Lei?
ALERTA AMBER (DECA) - A CPI também recomendou a criação de mecanismos semelhantes ao Alerta Amber, dos Estados Unidos. Com o alerta, são divulgados dados das crianças e adolescentes em cadeia de rádio e TV assim que o desaparecimento é comunicado. A deputada enviou indicação aos ministérios da Justiça e das Comunicações para que criem mecanismo semelhante, lembrando que “as emissoras recebem concessões de serviço público e faz parte de sua obrigação servir aos interesses da sociedade”. Ela sugere que no Brasil o alerta seja chamado Deca (Desaparecimento de Crianças e Adolescentes).
Nota: O Alerta Amber é uma reivindicação antiga da sociedade, existe inclusive uma Petição online (http://www.petitiononline.com/amber_br/petition.html) para arrecadar assinaturas na tentativa de forçar o Governo a aprovar o Projeto.
No relatório da CPI consta ainda uma indicação à Presidência da República para a criação da Secretaria da Criança e do Adolescente e uma rubrica específica no Orçamento da União destinada ao combate ao desaparecimento de crianças e adolescentes. Destaca a falta de estatísticas confiáveis sobre os casos de desaparecimento e de retorno ao lar. Segundo ela, isso torna “falsos e imprestáveis” os números de que o Poder Público dispõe. Para ela, “essa situação necessita de mudança urgente, com a destinação de recursos orçamentários específicos para o enfrentamento dos desaparecimentos, em todas as suas dimensões de prevenção, investigação, repressão e amparo social às famílias”.
Cópias do relatório final da CPI sobre o Desaparecimento de Crianças e Adolescentes foram enviadas a vários órgãos, entre eles, a Presidência da República; os ministérios da Justiça, das Comunicações, da Educação, do Desenvolvimento Social e da Previdência; à Unicef; à Interpol e às ONGs que se ocupam do problema.
DISK 100 - Desde sua criação em 2003, o Disk 100 já realizou mais de 2,5 milhões de atendimentos e mais de 156 mil denúncias foram recebidas e encaminhadas desde então. Destes,  34% referem-se a agressões físicas e psicológicas contra adolescentes e crianças; 34% a denúncias de negligência e 32% a casos de violência sexual, como exploração sexual, tráfico de crianças e adolescentes para fins de exploração, pornografia e abuso sexual
Nota: O Disk 100 foi uma das poucas criações do governo que está dando certo e tem ajudado milhares de crianças vítimas de  violências.

O sucesso nos Estados

CAMINHO DE VOLTA - USP (SP) - Em setembro de 2004 é criado o Projeto Caminho de Volta: busca de crianças e adolescentes desaparecidos no Estado de São Paulo, uma parceria entre a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e o Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Desde então, o Projeto Caminho de Volta tem propiciado aos familiares desses desaparecidos, a possibilidade de receberem um acompanhamento psicológico e a inclusão de seus perfis genéticos em um banco de DNA, que tem por finalidade ajudar na identificação de crianças e adolescentes quando localizados.

SICRIDE (PR) - Criada em 31/07/1995(Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas) tem por principal objetivo a prevenção de sequestros e desaparecimento de crianças. 
  Em 2006 houve uma expansão do Projeto Caminho de Volta para o estado do Paraná, por meio de um convênio assinado com a Secretaria de Segurança Pública daquele estado. No Paraná, o Caminho de Volta funciona em Curitiba, na delegacia especializada em desaparecimento de crianças até 12 anos, denominada Sicride (http://www.Sicride.pr.gov.br/). O material biológico e os questionários coletados das famílias atendidas no Sicride são encaminhados para o Projeto Caminho de Volta, sendo processado e armazenado nos mesmos bancos de dados e de DNA. A delegacia enviou material referente a 86 famílias atendidas, tendo sido processados 105 perfis de DNA. O Sicride no Paraná é referencia Nacional cujo sucesso tem sido constantemente mencionado quando o assunto é crianças desaparecidas.

A sociedade
MÃES DA SÉ (SP) -  Originou-se a partir de um grupo de mães que se reuniam na Praça da Sé, em São Paulo, com as fotos de seus filhos desaparecidos num protesto mudo diante do descaso e ineficácia do governo. Inicialmente chamava-se ABCD. Hoje as Mães da Sé comandadas por Ivanise Esperidião e Vera Lucia, cujas filhas ainda não foram localizadas, são  referência de um trabalho sério de ajuda às mães de crianças desaparecidas.
DESAPARECIDOS DO BRASIL - Criado em 1997, a partir de um caso de desaparecimento em família, tem seu trabalho voltado para a orientação  às famílias de desaparecidos, ajuda nas buscas e divulgação dos casos.
VOLUNTARIADO EM GERAL -  Através de inciativas particulares, o grande diferencial para a causa de crianças desaparecidas têm sido a ação de centenas de voluntários anônimos, que imbuídos de grande sensibilidade e amor ao próximo,  fazem a divulgação de casos de desaparecimentos através dos blogs e redes sociais, graças ao qual, muitas crianças são encontradas.
Parceria no exterior para combater o tráfico de crianças.
DNA PROKIDS - Um  evento científico teve início no dia 06 de outubro 2009 com a mesa redonda “Desaparecimento de Crianças e Adolescentes no Brasil” Nessa ocasião foi assinado um acordo de cooperação entre o Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e o Departamento de Medicina Legal e Forense da Universidade de Granada, na Espanha, para a implantação no Brasil do programa DNA-PROKIDS, um banco de DNA mundial para ajudar na identificação de crianças que são adotadas ilegalmente e no tráfico ilegal de pessoas (http://www.dna-prokids.org/?page_id=374).
Rotas do tráfico de crianças
Alguns países têm medidas bastante restritivas quanto à adoção, visando coibir a exploração sexual e a adoção ilegal, como um meio de tráfico de crianças para outros estados ou mesmo outros países. O tráfico de pessoas é considerado hoje o comércio mais lucrativo da indústria do crime. Pascual (2007), em seu artigo, citou que as estimativas em 2005 apontadas pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) com relação ao tráfico de seres humanos foram em torno de 2,4 milhões de casos, sendo que 43% delas destinadas à exploração sexual. Segundo a autora, “o lucro anual produzido com o tráfico chega a 31,6 bilhões de dólares, sendo que desse total, América Latina responde por 1,3 bilhões de dólares” (p.44). No Brasil, na Pesquisa Nacional sobre “Tráfico de Mulheres, Crianças e Adolescentes para Fins de Exploração Sexual”, Os autores identificaram 241 rotas de tráfico nacional e internacional (Leal & Leal, 2002). Como parte dessa mesma pesquisa, Pimentel e Oliveira (2007) relataram a exploração sexual comercial na BR-174, na fronteira entre o Brasil e a Venezuela;Relataram que a Matriz Intersetorial de Enfrentamento à Exploração Sexual Comercial de Crianças e Adolescentes (ESCCA) elaborada em 2004, possibilitou a identificação de mais de 930 municípios no Brasil onde ocorre esse tipo de violência e que, em 2006, a Polícia Rodoviária Federal realizou um mapeamento de pontos vulneráveis à exploração sexual infanto-juvenil, identificando 1.222 locais.
ADOÇÃO - Na Guatemala, desde 2008, existem leis que obrigam a comprovação do vínculo genético da mãe e do filho que será colocado para adoção. Essa medida modificou drasticamente o número de crianças disponibilizadas para a adoção internacional, dificultando o tráfico de crianças.
DNA DOS FILHOS ADOTIVOS -
É interessante ressaltar que a Lei 12.010 (de 3 de agosto de 2009), contempla novos dispositivos para a questão como, por exemplo, o direito de cada cidadão de conhecer suas origens a partir do conhecimento de seus pais biológicos, mas ainda não contemplou a questão da identidade biológica dos adotados.
Um aspecto ainda hoje não discutido pelas entidades legislativas e judiciárias é o fato de que um filho adotivo que desaparece, não poderá ser identificado a partir dos pais adotivos, pois os mesmos não compartilham a mesma informação genética. Nesses casos, a única solução seria o arquivo preventivo do perfil de DNA dos adotados, para ser utilizado em casos de desaparecimentos.

Fonte: Estudo realizado pela USP – Projeto Caminho de Volta.
(http://www.caminhodevolta.fm.usp.br/index.php)
As notas são minhas;
Amanda (IAB)
Desaparecidos do Brasil (www.desaparecidosdobrasil.org)
25/05/2011