26 de jan de 2011

O brasileiro é feliz?

O QUE É FELICIDADE PARA VOCÊ?

 Felicidade? A primeira idéia que vem à cabeça é: Dinheiro!   Sim, com uma boa quantia em dinheiro eu posso comprar 'um monte de felicidade': carros do último modelo, uma belíssima mansão, casa de campo, iates, roupas de grifes famosas, viagens pelo mundo, muitas festas, muitas champagnes e mais uma infinidade de outras coisas que com certeza irão me fazer imensamente feliz!

MAS SERÁ VERDADE ISSO?
Um estudo feito em oitenta e sete dos maiores (prósperos) países do mundo, retrata através de índices, o nível de felicidade proporcionado por estes países aos seus habitantes, levando em conta a área social, a economia, educação, segurança, oportunidades de empreendedorismo, governo, saúde e liberdade.

Segundo eles, para ser feliz é preciso se sentir livre! Livre da dor, livre do medo, livre para falar o que pensa, livre para ter sua própria fé e livre para traçar o seu próprio caminho.

Além disso, felicidade é, sentir-se seguro, protegido, ter oportunidades, alcançar o conhecimento e ser reconhecido por uma grande idéia.



Nesta análise mundial de níveis de felicidade o Brasil ficou com o 45º lugar, com níveis muito baixos em educação e segurança como pode-se ver no gráfico ao lado.






ÍNDICE MUNDIAL DE PROSPERIDADE MUNDIAL 2010

OPORTUNIDADE E EMPREENDEDORISMO - 49º lugar.
"Apesar de bons níveis de atividade inovativa, os brasileiros têm pouca confiança em suas possibilidades empreendedoras"

POLÍTICA E GOVERNO - 75º lugar
"Percepções de governança continuam medíocres e confiança nas instituições democráticas é baixa"

EDUCAÇÃO - 75º lugar
"Há insatisfação com um sistema de educação entendida como de baixa qualidade "

SAÚDE - 55º LUGAR
Foram abordadas questões de saneamento básico (abaixo da média mundial); incidência de tuberculose (acima da média mundial); óbitos por deficiência respiratória (alto); repasse do PIB para a saúde ( baixo); 2% das crianças ainda morrem antes de completarem um ano de idade.

SEGURANÇA - 76º lugar
"Os níveis de criminalidade no Brasil são altos, mas há poucos grupos sociais que têm queixas comuns. Um em cada 10 brasileiros (relatórios *2009) disse ter sido assaltado ou agredido nos 12 meses anteriores ao levantamento.

LIBERDADE - 25º lugar
No Índice de suas liberdades civis, a população desfruta de níveis quase irrestritos da liberdade de expressão e de crença, autonomia pessoal e a liberdade de criar e participar em associações.

SOCIAL - 56º lugar
A proporção de brasileiros que acreditam que os outros possam ser confiáveis está abaixo da média mundial. Doações para entidades carentes também está abaixo da média. Apenas 15% afirmam terem participado de atos voluntários de ajuda ao próximo.
----------

E você, concorda com o estudo ou acredita que só o dinheiro traz felicidade? Deixe sua opinião.


Fonte:http://www.prosperity.com/country.aspx?id=BR

Abaixe aqui o arquivo em PDF

Nenhum comentário: