4 de jul de 2011

Onde Estão Nossas Mães? Filhos adotivos Brasil/Israel

Milhares de brasileiros adotados por israelenses nos anos 80/90, vítimas das quadrilhas de tráfico internacional de crianças de Arlete Hilu e outros, procuram hoje por suas mães e famílias biológicas.....

Muitos desses jovens procuraram pela Sandrinha proprietária da comunidade "Procuro mãe, família biológica" contando suas histórias e o grande sonho que é comum a todos eles, que é o de encontrarem suas famílias biológicas.  Decidimos então publicar os casos no site Desaparecidos do Brasil e divulgá-los, na esperança  que as mães que tiveram filhos desaparecidos por volta desse período, entrem em contato com este blog e faremos a intermediação com esses jovens  que moram em Israel mas tem seu coração em parte no Brasil.

Para compreender melhor como a maioria dessas crianças foram parar em Israel, Canadá e Europa, leia-se o artigo:
Tráfico Internacional de Crianças - anos 80/90

Abaixo seguem alguns nomes dessas crianças hoje já adultos e resumo  do seu histórico.  Aos poucos, a medida que formos recebendo  mais nomes, estaremos publicando aqui.  Ao todo somam milhares.


DORON SILVA - DORON LEVNER

1 – DORON SILVA / DORON LEVNER
Nome de registro de nascimento – Doron Silva
Nome após adoção – Doron Levner
Data de nascimento- 27\05\1988
Local de nascimento- Recife, Pernambuco.
Nasceu no hospital- IMIP, Recife
Cidade  em que foi realizado o processo de adoção – Jaboatão-PE
O nome da mãe biológica ( nome verdadeiro )- Regina Lucia Da Silva.
O advogado que cuidou do caso da adoção- Parolina Dourado.
Doron foi adotado por um casal israelense
ULTIMO ENDERECO DA MAE BIOLOGICA( ano 1995 )- Silvio Portugal 245, CEP-01247-060, Sao-Paulo.
 Doron recebeu algumas cartas e fotos da mãe biológica, através da advogada Dra. Parolina, mas infelizmente a advogada faleceu e o contato foi interrompido em 1995,
Nas cartas, a Regina Lucia (mãe biológica) conta ao Doron que mudou de Recife para São Paulo para estudar. Ela trabalhava e uma fábrica, como secretária.
O último endereço, ninguém a conhece ou se lembra dela
Informações, entrar em contato - contatodesaparecidos@gmail.com

DORON  Procura sua família biológica no Brasil




LIOR SANTOS - LIOR VILK  (Casey)

2-  LIOR SANTOS / LIOR VILK
Nome de registro de nascimento: Lior Santos
Nome após adoção –  Lior Vilk
Datad e Nascimento: 01/09/1985
Local de Nascimento: Curitiba/PR (registrado na 6ª Circunscrição do Registro Civil desta cidade sob nº 898, fls. 63, do Livro A-403)
Mãe biológica – Isabel Alves dos Santos  (CTPS-PR nº 65342, expedida em 09/05/1984.)
Pais adotivos:  Abraham Bov Vilk e Tova Henia Vilk  ( israelenses domiciliados em Israel. )
Data da Adoçao:  05/09/1985 ( Através da procuradora da família adotiva, advogada Vilma Ferreira Oliveira, OAB 5485/RJ. )

Data de expedição do passaporte para Lior Vilk : 16/setembro/1985
Saída do Brasil em companhia de Paulo Sergio Couto Ferreira,  em 17/09/1985


 
_______________________________________________________

Estes que seguem ainda aguardamos fotos e detalhes que serão enviados em breve.
A maior dificuldade é a barreira com o idioma, pois poucos falam o português.


INBAL CARDOSO
Nome : INBAL CARDOSO
data de nascimento : 27-1-1986
cidade de nascimento : RIO DE JANEIRO

RONI PEREIRA
Nome : Roni Pereira
data de nascimento : 14-7-1984 ou 23-7-1984
cidade de nascimento : PONTA GROSSA , PARANA

BORA ROTEM
Nome:: BORA ROTEM
DATA DE NACIMENTO : 25-3-1986
RIO DE JANEIRO - HOSPITAL MATERNIDADE CORACÃO DE JESUS

HOFIT SINVANI
Nome : hofit soares , a filha da Roseli Gomes Soares
Data de nascimento : 5-12-1985
Cidade de nascimento : Fortaleza , Ceara , Brasil

OR HINDI
Nome : Or Hindi
Nome Biológico: Or Wons
Filho de: Zenaide Wons
Data de nascimento : 06/11/1983
Cidade de nascimento : Curitiba , Parana , Brasil


Por, Amanda iab.


Por coincidência saiu esta matéria abaixo, a poucos dias, falando do mesmo assunto, publicado por um jornal da comunidade israelense. Segue:

13.06.2011
O maior jornal de Israel, o Yedioth Aharonoth, publicou uma reportagem nesta terça-feira com dez jovens de 20 e poucos anos, todos adotados no Brasil.
Estima-se que 3 mil bebês brasileiros tenham sido adotados por israelenses na década de 80, muitos deles com documentação falsificada.







A matéria consiste numa série de cartas que esses jovens enviaram para a cineasta israelense Nili Tal, que fez dois filme sobre essas adoções, "The girls from Brazil" (2007) e "Bruna" (2008).

Agora, a cineasta decidiu - com autorização dos jovens - enviar as cartas para a presidente do Brasil
Dilma Rousseff via a embaixada do Brasil em Tel Aviv.
Nas cartas, os jovens adotados revelam que sonham encontrar suas mães biológicas brasileiras. Alguns deles tentaram, mas não conseguiram por causa dos papéis falsificados ou simplesmente porque não obtiveram informações. Todos sentem um grande vazio por saberem de onde são, mas não de quem são realmente filhos.








"Ninguém pode se colocar no lugar de uma criança adotada. Vivo com uma sensação de orgulho porque fui escolhida, mas também nutro emoções difíceis por ter sido entregue, porque não me quiseram. Pode ser que esse meu ciclo se feche quando eu for mãe. Uma das frases que mais me lembro dos meus pais é a de que eu não vim 'da barriga' e sim 'do coração'", escreveu Racheli Roth, de 21 anos, que nasceu com o nome de Karen na cidade de Curitibanos, em Santa Catarina.
Racheli também conta, na carta, que viajou ao Brasil para encontrar sua mãe biológica, que, segundo os documentos da adoção, se chama Elisa Maria do Amparo. Mas não conseguiu encontrá-la. Sua frustração ecoa a dos outros jovens, alguns dois quais pedem a ajuda do governo brasileiro para realizar o sonho de conhecer seus pais biológicos.

Fonte:
Desaparecidos do Brasil

Comunidade - Procuro mãe, família biológica
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=4282611

3 comentários:

Adriana & Benoit disse...

Me chamo Adriana, minha mãe me deu quando tinha 20 dias de nascida no bairro Presidente Kennedy. Sei que o nome dela é Fernanda e meu avô (pai dela) morava em uma das casas da EXPOECE (Secretária de Agricultura). Fiz uma reportagem na TV VERDES MARES procurando minha mãe. Meus pais adotivos morreram. Sei também que meu pai biológico era professor de matemática. Ambos devem ter acima de 40 anos hoje. Fui dada na Rua Frei Odilon, proximidades do n° 860 e quem me pegou foi minha irmão adotiva Francisca. Se tiverem algum paradeiro me inscrevam.

RE disse...

OLÁ ADRIANA,

Envie uma cópia do seu Reg. de Nascimento ou de adoção para contatodesaparecidos@gmail.com

para que possamos analisá-lo e tentar descobrir algo sobre sua família bio. Ou apenas entre em contato através do email
Obrigada.

vanessa Ruas disse...

Ola meu nome e Vanessa ruas eu procuro por minha irma que foi tirada de minha mae com 5 anos de idade em são Paulo no bairro da lapa e minha mae nunca mais a encontrou isso aconteceu no mesmo ano que nasci pois eu tinha apenas 10 meses de vida hoje tenho 35 anos e nasci em 1981