27 de jul de 2012

Menina desaparecida é encontrada sem vida

Cintia Livia - Arquivode Família


CÍNTIA LÍVIA,  a menina de Timbau que estava desaparecida,  foi vítima de assassinato.

O drama da família Araujo começou no último sábado, 21, na cidade de Timbau, Município distante 328 km de Natal,quando por volta das 19h, sua filha de 12 anos, Cíntia Lívia Araujo, saiu de casa para buscar um chiclete no mercadinho próximo de onde residia.

O assassino confesso, Poliano Cantarele Fernandes Lacerda, 35, que trabalhava como caseiro em uma residência frente  ao local onde a criança foi encontrada, disse que o crime ocorreu por volta das 20h daquele mesmo sábado e que tentou estuprar a criança.  Enquanto a família comunicava o desaparecimento à polícia,  a criança estava sendo assassinada.

O corpo foi encontrado dentro de um cacimbão, por volta das 7:30h na última quinta-feira, por um caseiro que cuida do imóvel onde a menina foi jogada. A casa é cercada por vários outros imóveis, com vários visinhos e estranha-se ninguém haver percebido o crime.

A Delegada Daniele, da Delegacia Regional de Polícia Civil de Mossoró, compareceu no local e  pediu uma perícia urgente para constatar se a criança foi vítima de abuso sexual.

Ao saberem do crime, a população revoltada seguiu até o local e houve tentativa de linchamento, que só não aconteceu porque a polícia chegou e encaminhou Poliano até a Delegacia de Mossoró, onde o delegado titular de Timbau, Renato Batista, pediu a prisão provisória do acusado.

Notícia relacionada:  Rapto de criança em Timbau

Nenhum comentário: