3 de mar de 2016

Foi encontrado o corpo do neto do Chico Anysio que estava desaparecido


Terminam as buscas e a tragédia se abate sobre a família do Chico Anysio.   Lamentavelmente  o corpo  do Rian Brito foi encontrado sem vida.

O corpo de Rian Brito, neto de Chico Anysio, foi encontrado em Quissamã, na Vala da Lagoa Preta, no Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, Norte Fluminense, nesta quinta-feira (3).  informação foi prestada pelo tenente Amaro Garcia, coordenador de Defesa Civil de Quissamã, primeiro a chegar ao local.



Rian Brito - Neto de Chico Anysio
"O local é distante, com muita areia, mas identificaram por causa da pulseira e da correntinha que ele estava usando. Pelas caracateristicas o corpo é dele. O corpo estava deformado, sem os olhos, sem as orelhas. Estava só de bermuda. Com certeza ele morreu no mar" informou o oficial.


Desabafo dos pais

Márcia Brito, mãe de Rian, fez um post em sua página no Facebook na madrugada desta quinta, 3, reclamando dos comentários sobre os detalhes do desaparecimento de Rian. "E parem de dizer que Rian deixou seus pertences alí para ser ou não achado. Nada a ver com ele. Esta era a forma de colocar nossas coisas que o ensinei quando vamos à praia e com frequência e sempre levamos poucas coisas: colocamos nossas havaianas embaixo e as coisas dobradas em cima, algo de valor dentro, para
Rian com  o pai / Imagem net
mergulharmos", escreveu ela. Na segunda-feira, 25, foram encontrados roupas e documentos do jovem em uma área isolada, de mata virgem e difícil acesso, localizada entre a Lagoa do Paulista e o mar, em Quissamã.

"É um mistério enorme para nós o fato dele ter ido para Quissamã, disse o pai.  Ele chegou na terça-feira lá e seus pertences foram encontrados no domingo. O que ele fez esse tempo na cidade? Isso é um grande mistério para nós. O lugar é enorme. Uma praia deserta, com um mato atrás. Ele pode ter circulado despercebido na cidade."

Márcia foi na polícia - na 15ªDP -  Fomos direto na delegacia especializada para dar mais informações. A polícia trabalhou com todas as hipóteses possíveis: sequestro relâmpago, a possibilidade dele ter resolvido fugir por conta própria... Mas não vimos nenhum sinal de que ele quisesse isso. Ele é um garoto tímido, mas sem nada de anormal. Nosso relacionamento é ótimo", afirmou a mãe.

Emoção

Corpo está há 25 km do local onde pertences foram encontrados
No momento, o corpo está na área da praia aguardando a perícia e a família ainda não teve acesso. Emocionado, o Tenente Amaro lamentou não ter encontrado Rian com vida. "Tenho 33 anos de carreira e a gente sempre se sensibiliza com a dor da família. Ontem mesmo eu disse à mãe dele, que estava muito desesperada, que iria trazer o filho dela de volta. O pai também estava muito emotivo. É um sofrimento. Nosso lema é: 'Vidas alheias e riquezas salvar, arriscando a sua própria vida para salvar e resgatar aquilo que não nos pertence'. Foi uma luta incessante de todos nós", comentou. Segundo o tenente, o corpo foi encontrado num local muito afastado de onde estavam os pertences de Rian. "Uns 25 km. O mar jogou ele. Está entre o mar e a lagoa", falou.

Os bombeiros chegaram ao local por volta das 11h20. Pouco antes, Amaro Garcia havia informado que estava a caminho e que as autoridades ainda não tinham certeza se de fato havia um corpo no local. "A gente não sabe ainda. Estamos indo até lá para saber se é verdade porque entra muita informação que não é verdadeira. Tem entrado muito falso aviso", comentou.


O caso

Rian Brito, neto do  humorista Chico Anysio e filho do ator Nizo Neto, estava desaparecido desde a terça-feira, 23, quando foi deixado pela mãe na autoescola em São Conrado, na Zona Sul do Rio. As últimas imagens que se têm dele são a dele saindo do shopping Fashion Mall, localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro e entrando sozinho em um ônibus em Quissamã. Câmeras do centro comercial fizeram imagens do desaparecido entrando em um táxi. No shopping, Rian fez um saque bancário, mas o valor ainda não foi divulgado. Ele desapareceu após ser deixado pela mãe na porta do curso de auto-escola, em São Conrado, na Zona Sul do Rio. Desde então muitas buscas foram realizadas, terminando com o encontro do corpo dele, já sem vida.

----------------------

29 de fev de 2016

Espanhol desaparecido no Brasil perto da Chapada Diamantina


Espanhol está desaparecido na Chapada Diamantina, no município de Seabra.


HUGO FERRARA TORMO / Arquivo familia.
Hugo tem 28 anos, 1,70m, 65kg, branco, cabelo castanho, ondulado. Da última vez que foi visto tinha trancinhas (dreads) pretas e amarelas no cabelo (estilo rastafari), e vestia uma bermuda e uma camisa sem mangas. Levava uma mochila (estilo mochilão).

Hugo nasceu em Barcelona, e estava no Brasil a passeio. A última vez que foi visto foi em 18/12/2015 em Brasília, onde tomaria um ônibus para Seabra, na Chapada Diamantina. A última vez que recebeu mensagens no seu telefone foi no dia 20 de dezembro de 2015. Desde então não se teve mais notícias

O desaparecimento foi registrado na Delegacia da Policia Federal em Ilhéus/BA 
Certidão 12/2016 da delegacia da PF em Ilhéus/BA.





Na esperança que seu irmão seja reconhecido, Paola Ferrara Tormo, criou um evento no Facebook  /events/530518090448965/   e pede para as pessoas marcarem seus amigos, afim que a notícia se espalhe rapidamente.

Paola já realizou cadastro  no Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas da ONG Desaparecidos Do Brasil, que pode ser acessado no seguinte link:
Informações podem ser enviadas para o e-mail contato@desaparecidosdobrasil.org

HUGO FERRARA TORMO / Arquivo familia.

HUGO TEM CABELOS NATURAIS CASTANHO ESCURO E CURTOS COM APLICAÇÃO DE DREADS.











27 de fev de 2016

Criança de 1 ano e meio está desaparecida em Cerro Azul



A pequena Yasmin é encontrada sem vida.(Atualizado)


Atualizado 29/02/2016

O corpo da menina, Yasmim Mangger Souza, de um ano e meio, desaparecida há três dias em Cerro Azul, região metropolitana de Curitiba (PR) foi encontrado na manhã desta segunda-feira (29) pelo Grupo de Operação de Socorro Tático (Gost) do Corpo de Bombeiros. As equipes faziam buscas pelo local desde sexta-feira (26), quando ela desapareceu. A hipótese era de que Yasmin teria caído dentro do rio, que passa ao lado do terreno da família. Assim que a notícia se confirmou, a tristeza tomou conta da cidade.
"Ela foi encontrada na região mesmo, um pouco mais afastado da casa, mas o corpo estava rio abaixo. Foi levantada a hipótese de sequestro porque ninguém teria visto a menina cair dentro do rio, apenas que estava desaparecida. Tudo indicava que ela teria ido até o rio, mas ninguém tinha visto. De pronto, todas as versões foram levantadas, o Sicride iniciou a coleta de informações, mas, infelizmente, localizamos no rio e confirmado a hipótese de que ela abriu o portão de casa e foi em direção ao rio” relatou o comandante do Gost, capitão Daniel Lorenzetto, em entrevista a imprensa.


O Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba foi acionado para fazer o recolhimento do corpo da criança. 
________________________________

Criança de 1 ano e meio está desaparecida em Cerro Azul

As semelhanças lembram o desaparecimento do menino João Rafael Kovalski, que tinha a mesma idade e também desapareceu numa cidade do interior do Paraná, cuja casa ficava próxima a um rio.





Desde a manhã desta sexta-feira (26), a família de Eurico Motim e Ariane Mangger de Souza está desesperada a procura da filhinha de nome YASMIM, que sumiu quando sua mãe estava fazendo  o almoço e percebeu a falta da filha. Correu pedindo ajuda para os vizinhos, que rapidamente vasculharam a área e riacho que passa nos fundos da casa, mas nada encontraram. Em seguida solicitaram ajuda da Policia Militar que por sua vez acionou o Corpo de Bombeiros. O fato ocorreu no bairro das Estrelas em Cerro Azul.
As buscas se estenderam até o anoitecer, quando  foram suspensas por falta de visibilidade. O 1º Tenente Luiz Gustavo Pimenta, está comandando a equipe no local do desaparecimento.
Quaisquer informações sobre esta menina, que está desaparecida, entrar em contato com a Policia Militar no disque 190, a Policia Civil ou qualquer meios que possam levar até a localização de Yasmim.