28 de mai de 2010

Fúria do Mar em Florianópolis

Quando a Natureza se rebela.

Belas praias paradisíacas desaparecem em poucos dias devido às sucessivas ressacas e o mar que segue invadindo até 50 metros da praia vai derrubando casas, uma após outra, como se quisesse retomar o que lhe pertence.


Turismo Macabro
Os moradores da Praia da Armação do Pântano estão muito assustados com o avanço do mar e o local já se transformou num centro de atenções, nestes últimos dias, atraindo pessoas de todos os cantos.  Turismo macabro, é assim que está sendo chamado, devido o grande número de curiosos e políticos  que têm se aglomerado no local.

A população da vila se mantém em plantão constante,dia e noite, com medo que a água chegue às suas casas também.

A prefeitura pediu ajuda ao exército e marinha e 200 soldados fizeram um muro com sacos de areia mas no  dia seguinte já não havia mais nada ali. Até agora 73 casas já foram danificadas.

 O risco é o mar avançar mais e inundar toda a vila da Armação. Para tentar impedir isso, será construído um muro de pedras para contenção, numa extensão de 1.700metros. O governo federal já liberou uma verba de 10 milhões para este fim.

As opiniões divergem.. Uns afirmam que a culpa é do próprio ser humano que invadiu a orla construindo casas cada vez mais próximas do mar. Outros já afirmam que nos últimos 40 anos nunca houve algo parecido. Astrólogos e geólogos também não entram num acordo. Enquanto uns afirmam que  as ressacas são motivadas pela lua, outro já diz que a lua nada tem a ver com  esta revolta do mar.

Culpa do homem

Segundo Rodrigo Del Omo Sato, presidente da Associação de Geólogos de Santa Catarina,  que está trabalhando como voluntário da Defesa Civil da Capital, os estragos causados pela ressaca são consequência da ação humana, juntamente com fatores climáticos. — As construções irregulares e a urbanização desenfreada em áreas de preservação prejudicaram o sistema natural e a dinâmica do meio. E a partir do momento em que se modifica uma praia, ela vai tentar voltar ao seu estado original.

Algumas das casas destruídas eram casas de veraneio pertencentes a empresários, uma delas de um americano, outra de um artista plástico. Por conta disso, muitos acham que  não haveria tanto interesse por parte  do prefeito e políticos, que conseguiram o repasse imediato da verba federal se não se tratasse de imóveis de pessoas influentes.



 O perigo ameaça a Lagoa do Peri.

Maior manancial de água doce da  ilha, a Lagoa do Piri é responsável pelo abastecimento de 113 mil habitantes.

O parecer técnico elaborado pelos geólogos Alexandre Felix e José Maurício de Camargo, alertam para a contaminação da Lagoa do Peri com a água salgada num prazo de dois a três meses, se não for feito a contenção das águas. Se a lagoa salgar, haverá a interrupção da distribuição de água pela Casan aos moradores da Barra da Lagoa, Lagoa da Coceição, Campeche, Morro das Pedras, Armação e Ribeirão da Ilha.

Pesquisadores alertam que o molhe construído na divisa da Armação com o Matadeiro, pode ser considerado como uma das principais causas do desequilíbrio que vem causando a erosão na Armação.

Especulação
O Prefeito Dário Berger define como megaoperação o trabalho que está sendo realizado na Armação e descarta o risco da salinização da Lagoa. Nosso esforço é para impedir o avanço do mar sobre todo o sistema incluindo a lagoa. O resto é especulação.





Antes....


Agora tente imaginar um local assim com um muro gigante frente ao mar....

2 comentários:

Anônimo disse...

Entre no site do YOUTUBE, digite Bagwall e assiata o vídeo sobre essa nova tecnologia de sucesso no Brasil. Talvez possa ajudar a população de SC.

Rosa ou Espinho disse...

Vi o vídeo, creio que seja este daqui:" Erosão Costeira BAG WALL Marcos Lyra "

- Sem dúvida seria uma excelente alternativa e não agrediria tanto a estética do local, como acontecerá com este muro de pedras que estão construindo e que mais lembra a passagem bíblica da 'torre de babel'.

Vou entrar em contato e enviar o vídeo para algumas pessoas que estão no comando desta ação e quem sabe não esteja aí a solução, não é?

Agradeço muito a colaboração, a visita e a preocupação com esta questão que é bastante séria.
Obrigada.
:)