24 de jan de 2013

Rede de prostituição que explorava mulheres e travestis brasileiros é desarticulada




As vítimas eram obrigadas a usar cocaína para ficar "ligadas" 24 horas por dia.

Planilha apreendida durante operação da polícia
Mulheres e também travestis eram aliciadas no Brasil e levadas  à Catalunha, pelo quadrilha do tráfico de pessoas que prometia  trabalho na Espanha, mas acabavam sendo obrigadas a  se prostituir em casas dirigidas pelos criminosos. 

As vítimas dormiam em acomodações insalubres, conforme pode ser visto nas fotos apresentadas pela polícia espanhola.
Durante a operação, feita em sete endereços, foram apreendidos 8.000 euros em dinheiro, 35 gramas de cocaína, quatro máquinas de cartão de crédito, 13 celulares, 3 computadores portáteis, um carro e muitos documentos.
Veja também:

 Elas eram  constantemente transferidas de um bordel ao outro, para renovar o interesse dos clientes, segundo informou a polícia que fez a investigação. O grupo era controlado por mulheres que monitoravam suas vítimas nos bordéis, por meio de um sistema interno de câmaras instaladas nos locais.








Cinco maiores arrependimentos antes de morrer


"Uma das coisas mais bonitas que acontecem ao fim da vida é a gente perder a capacidade de atingir. Nesta hora bate aquela coisa e a gente pensa, poxa, e se eu tivesse dito que amava...!"


 

 Do livro, The top five regrets of the dying  ou “Os cinco principais arrependimentos de pacientes terminais”, escrito em 2011 por Bronnie Ware, uma enfermeira australiana especializada em cuidar de pessoas próximas da morte.

Ana Cláudia Arantes - Foto/Web
Baseado no livro, o Hospital Albert Einstein, publicou  este vídeo com os comentários da especialista Ana Cláudia  Arantes, sobre os cinco maiores arrependimentos que as pessoas têm antes de morrer.

Excelente vídeo, vale compartilhar.